fbpx

Um Verão de Quebra de Recordes da NASA Nos Testes de Motores Para A Nova Era Espacial

Enquanto os atletas olímpicos estão em Londres para começar a disputa pelas medalhas de ouro nos jogos olímpicos de 2012, a NASA também está aproveitando o verão no hemisfério norte para testar o pacote de potencia J-2X no Stennis Space Center. O primeiro teste ocorreu em 8 de Junho, quando os engenheiros ficaram a distância e programaram o Test Complex A registrando 1150 segundos de queima do conjunto de desenvolvimento do pacote de potência. No dia 24 de Julho de 2012, os engenheiros superaram esse recorde, com um teste de 1350 segundos do componente do motor no A-1 Test Stand no Stennis. O pacote de potencia é um sistema de componentes localizado na porção superior do motor J-2X. No motor completo J-2X, o pacote de potência alimenta a câmara de combustão, produzindo o fogo no motor e a combustão. A vantagem de testar o pacote sem a câmara de combustão é que se pode operar sobre uma grande variedade de condições podendo assim entender melhor os limites de segurança.

O teste de 24 de Julho especificamente reuniu dados sobre o desempenho do oxigênio líquido e sobre o injeção de combustível durante condições extremas. Os dados do teste forneceram informações críticas para a continuação do desenvolvimento da turbina para uso no motor J-2X, o primeiro motor de foguete abastecido por oxigênio líquido e hidrogênio líquido em quatro décadas. O J-2X está sendo construído pela Pratt & Whitney Rocketdyne para o Marshall Space Flight Center da NASA em Huntsville, Ala.

O motor J-2X dará potência ao estágio superior do planejado Space Lunch System, ou SLS de dois estágios. O SLS lançará a sonda espacial Orion da NASA e outras sondas, fornecendo uma capacidade inteiramente nova para exploração espacial humana além da órbita da Terra. Desenhada para ser segura, confortável e flexível para a tripulação e para as missões de carga, o SLS continuará a jornada americana da descoberta e da exploração do espaço, incluindo no plano alvos como asteroides, os pontos de Lagrange, a Lua e por fim, Marte.

Fonte:

http://www.nasa.gov/multimedia/imagegallery/image_feature_2316.html

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .