Um Rosto Feliz no Terreno de Queijo Suíço em Marte

A câmera HiRISE está monitorando a capa residual de dióxido de carbono no Polo Sul de Marte ou próximo dele para ver como ela muda com o tempo.

Alguns desses terrenos contém muitos buracos, levando o nome de “Terreno Queijo Suíço”. Um dos pontos monitorados pela sonda e pela câmera ao redor de Marte é mostrada na imagem acima e lembra uma cara feliz. Se você olhar com cuidado é possível ver muitas mudanças desde a primeira imagem feita dessa região peal HiRISE em 2007 que é mostrada abaixo. Os buracos parece que ficaram maiores. Quando os buracos crescem, essa foi a nossa primeira descoberta, é um indicativo de que o clima mudou em Marte.

Contudo, nós agora suspeitamos que o dióxido de carbono sublima (passando diretamente do estado sólido para o gasoso) a partir das paredes dos buracos e então condensa novamente próximo a superfície, assim não existe uma mudança na quantidade total de dióxido de carbono. Com os dados estereográficos da câmera HiRISE, nós podemos medir essas mudanças e testar as teorias.

Fonte:

http://hirise.lpl.arizona.edu/ESP_020746_0945

 

 

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo