UM OCEANO GLOBAL COBRIU A TERRA HÁ 3 2 BILHÕES DE ANOS | SPACE TODAY TV EP2138

Obrigado World of Warships por patrocinar esse vídeo! Façam o download aqui:

https://wo.ws/2Sd1tW7

E utilizem o código BATTLESTATIONS2020 para ganharem diversos brindes:

* 250 Dobrões
* 3 Dias de Premium
* Barco USS Charleston
* +1 Vaga no porto
—————————————————–
VENHA PARTICIPAR DO CURSO DE ASTRONOMIA DO SPACE TODAY:

http://academyspace.com.br/bigbang

—————————————————–

ASSISTA O VÍDEO DA NED:

https://www.youtube.com/watch?v=ywmXvsHBBp4

——————————————————————–

VISITE A LOJA DO SPACETODAY:

https://www.spacetodaystore.com

——————————————————————–

SEJA MEMBRO DO SPACE TODAY E AJUDE COM A CRIAÇÃO DE CONTEÚDO SÉRIA NA ÁREA DE ASTRONOMIA:

https://www.patreon.com/spacetoday

https://apoia.se/spacetoday

https://www.youtube.com/channel/UC_Fk7hHbl7vv_7K8tYqJd5A/join

——————————————————————–

Estudar a história do planeta Terra através das rochas é algo verdadeiramente fascinante.

Da mesma maneira que você entra numa biblioteca para ler sobre a história da humanidade, conhecer como era o mundo no passado.

Os geólogos, têm uma biblioteca praticamente infinita à sua disposição.

Cada camada, cada rocha, cada falha, dobra, guardam um pouco do passado do nosso planeta.

E é estudando esse passado que podemos entender como era a Terra há bilhões de anos atrás.

E assim, contar a sua história.

E essa história fabulosa ganhou mais um capítulo, aliás um capítulo que parece ter saído de filmes de ficção científica.

Um grupo de pesquisadores foi num desses corredores da imensa biblioteca que é o nosso planeta, o noroeste da Austrália e lá coletou mais de 100 amostras de rochas.

Com as rochas em mãos, os geólogos partem então para estudar os elementos químicos ali presentes e seus isótopos.

São esses isótopos que vão nos dizer como era o planeta quando aquelas rochas se formaram.

Nesse caso específico os geólogos estudaram dois isótopos de oxigênio, o oxigênio-16 e o oxigênio-18.

Quando fizeram essa análise, eles descobriram que havia um excesso de oxigênio-18 se comparado com os dias de hoje.

E qual a história por trás disso?

Hoje, as massas de terra que cobrem o planeta são solos ricos em argila.

Uma das características dessas massas de terra, é retirar da água o oxigênio-18.

Assim, um excesso de oxigênio-18 mostra que a Terra era na sua maior parte coberta por água.

Há 3.2 bilhões de anos o nosso planeta era um mundo oceânico.

Existiam continentes?

Sim, talvez micro continentes.

Mas o planeta, muito provavelmente foi coberto por um oceano global, como no filme Waterworld estrelado por Kevin Costner.

Esse estudo também levanta uma questão importante sobre quando as placas tectônicas levantaram as massas terrestres que formaram os continentes.

Isso ainda precisa ser estudado.

Ou seja, tem muita rocha para ser lida, estudada e entendida na imensa biblioteca que é o nosso planeta, para podermos montar toda a história da sua evolução.

Fontes:

https://www.colorado.edu/today/2020/03/02/waterworld

#Earth #Waterworld #SpaceToday

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.