Um Nascer do Sol Manchado Sobre Brisbane

SpottyBrisbaneSunriseMudge_1350px


observatory_150105Nessa paisagem composição celeste e urbana, as primeiras luzes da manhã servem de pano de fundo para as luzes da cidade de Brisbane que destacam a silhueta da cidade localizada no canto sudeste de Queensland, na Austrália. Usando um filtro solar, exposições adicionais feitas a cada 3.5 minutos seguiram o nascer do Sol de inverno no dia 8 de Julho de 2014 enquanto manchas do tamanho de um planeta cruzavam o disco visível do Sol. As manchas solares marcam as regiões ativas com campos magnéticos complexos. Mesmo com o máximo do ciclo de atividade do Sol já ter começado a diminuir, as regiões ativas ainda veem produzindo flares solares e erupções (como a mostrada no vídeo abaixo que mostra a atividade no próprio dia 8 de Julho de 2014) lançando ejeções de massa coronal, as chamadas CMEs, que são enormes nuvens de partículas carregadas, e que vagam pelo Sistema Solar.


Fonte:

http://apod.nasa.gov/apod/ap140711.html

alma_modificado_rodape105

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.