Um Hot Spot Em Júpiter

Essa composição mostra um hot spot na atmosfera de Júpiter. Na imagem da esquerda, feita em 16 de setembro de 2020, pelo Telescópio Gemini Norte, o hot spot aparece brilhante na luz infravermelha de comprimento de onda de 5 mícron. A imagem da direita foi feita pela JunoCam na luz visível, o imageador da sonda Juno, também em 16 de setembro de 2020, durante a vigésima nona passagem da sonda próxima de Júpiter, e o hot spot aparece em preto.

Os hot spots em Júpiter são conhecidos por muito tempo. Em 7 de outubro de 1995, a sonda Galileo provavelmente desceu pela atmosfera de Júpiter por dentro de um hot spot. A olho nu, os hot spots de Júpiter aparecem como uma área escura, livre de nuvens no cinturão equatorial do planeta, mas no infravermelho, os hot spots aparecem brilhantes, revelando o calor e a profundidade da atmosfera  abaixo das nuvens.

Imagens de alta resolução dos hot spots de Júpiter como essas são fundamentais para se entender o papel das tempestades e das ondas na atmosfera de Júpiter e ajudar a resolver o mistério da água em Júpiter.

O cientista cidadão Brian Swift processou as imagens para melhorar a cor e o contraste, com um processamento posterior feito por Tom Momary para mapear a imagem da JunoCam nos dados do Gemini.

O Telescópio Internacional Gemini Norte tem 8.1 metros de diâmetro que atua na luz visível e no infravermelho, mas que é otimizado para as observações no infravermelho e é gerenciado para a NSF pela Association of Universities for Research in Astronomy (AURA).

As imagens brutas da JunoCam estão disponíveis para o público poder processá-las e que transformam em produtos de imagem em:

https://missionjuno.swri.edu/junocam/processing

Mais informações sobre a ciência cidadã na NASA podem ser encontradas em:

https://science.nasa.gov/citizenscience

https://www.nasa.gov/solve/opportunities/citizenscience

Mais informações sobre a Juno podem ser encontradas em:

https://www.nasa.gov/juno

https://missionjuno.swri.edu

Crédito das imagens:

Imagem do Gemini – International Gemini Observatory/NOIRLab/NSF/AURA M.H. Wong (UC Berkeley)

Imagem da Juno:  NASA/JPL-Caltech/SwRI/MSSS/ Brian Swift © CC BY / Tom Momary © CC BY

Fonte:

https://www.nasa.gov/image-feature/jpl/a-hot-spot-on-jupiter

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo