fbpx

Um Hot Spot Em Júpiter

Essa composição mostra um hot spot na atmosfera de Júpiter. Na imagem da esquerda, feita em 16 de setembro de 2020, pelo Telescópio Gemini Norte, o hot spot aparece brilhante na luz infravermelha de comprimento de onda de 5 mícron. A imagem da direita foi feita pela JunoCam na luz visível, o imageador da sonda Juno, também em 16 de setembro de 2020, durante a vigésima nona passagem da sonda próxima de Júpiter, e o hot spot aparece em preto.

Os hot spots em Júpiter são conhecidos por muito tempo. Em 7 de outubro de 1995, a sonda Galileo provavelmente desceu pela atmosfera de Júpiter por dentro de um hot spot. A olho nu, os hot spots de Júpiter aparecem como uma área escura, livre de nuvens no cinturão equatorial do planeta, mas no infravermelho, os hot spots aparecem brilhantes, revelando o calor e a profundidade da atmosfera  abaixo das nuvens.

Imagens de alta resolução dos hot spots de Júpiter como essas são fundamentais para se entender o papel das tempestades e das ondas na atmosfera de Júpiter e ajudar a resolver o mistério da água em Júpiter.

O cientista cidadão Brian Swift processou as imagens para melhorar a cor e o contraste, com um processamento posterior feito por Tom Momary para mapear a imagem da JunoCam nos dados do Gemini.

O Telescópio Internacional Gemini Norte tem 8.1 metros de diâmetro que atua na luz visível e no infravermelho, mas que é otimizado para as observações no infravermelho e é gerenciado para a NSF pela Association of Universities for Research in Astronomy (AURA).

As imagens brutas da JunoCam estão disponíveis para o público poder processá-las e que transformam em produtos de imagem em:

https://missionjuno.swri.edu/junocam/processing

Mais informações sobre a ciência cidadã na NASA podem ser encontradas em:

https://science.nasa.gov/citizenscience

https://www.nasa.gov/solve/opportunities/citizenscience

Mais informações sobre a Juno podem ser encontradas em:

https://www.nasa.gov/juno

https://missionjuno.swri.edu

Crédito das imagens:

Imagem do Gemini – International Gemini Observatory/NOIRLab/NSF/AURA M.H. Wong (UC Berkeley)

Imagem da Juno:  NASA/JPL-Caltech/SwRI/MSSS/ Brian Swift © CC BY / Tom Momary © CC BY

Fonte:

https://www.nasa.gov/image-feature/jpl/a-hot-spot-on-jupiter

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .