Um Camaleão no Céu

O tempo está passando rápido para a estrela localizada no centro da Nebulosa da Ampulheta. Com seu combustível acabando, sua breve, porém espetacular fase final de uma estrela como o Sol ocorre a medida que as camadas externas são ejetadas  e o núcleo se torna frio, tornando-se uma anã branca. Em 1995, os astrônomos usaram o Telescópio Espacial Hubble para fazer uma série de imagens de várias nebulosas planetárias, incluindo essa aqui apresentada. Pode-se ver nessa imagem delicados anéis de gás colorido (nitrogênio-vermelho, hidrogênio-verde e oxigênio-azul) formando a tênue parede com a forma de uma ampulheta. A forma sem precedentes reveladas pelas imagens do Hubble mostraram detalhes surpreendentes do processo de ejeção da nebulosa e pode resolver o mistério principal das variedades de formas complexas e as interessantes simetrias encontradas nas nebulosas planetárias.

Fonte:

http://www.nasa.gov/multimedia/imagegallery/image_feature_1752.html

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.