Um buraco Negro Supermassivo

Em uma simples composição, os astrônomos foram capazes de confirmar a existência de um buraco negro supermassivo no centro da galáxia M84. Eles fizeram isso usando o espectrógrafo mais poderoso do Telescópio Espacial Hubble para mapear a rápida rotação do gás no centro da galáxia. Esse padrão em zigzag colorido fornece a evidência que eles procuravam. Se nenhum buraco negro estivesse presente, a linha seria praticamente vertical. O Space Telescope Imaging Spectrograph mediu uma velocidade de 880000 mph dentro dos 26 anos-luz do centro da galáxia. Essa medida permitiu aos astrônomos calcularem que o buraco negro contém no mínimo 300 milhões de massas solares. A M84 está localizada no aglomerado de Virgo de galáxias, a 50 milhões de anos-luz de distância da Terra  e próxima à galáxia vizinha mais massiva M87, que também possui um buraco negro extremamente massivo em seu centro. A imagem a esquerda mostra a galáxia na luz visível. Essa imagem foi lançada originalmente em 12 de Maio de 1997.

Fonte:

http://www.nasa.gov/multimedia/imagegallery/image_feature_1846.html

 

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo