Um Buraco Negro na Terra: Ilha Holbox e a Lagoa Yalahau

A Ilha Holbox e a Lagoa Yalahau localizadas no canto nordeste da Península de Yucatan no México são mostradas na imagem de satélite acima.

A Holbox é uma ilha que tem 42 km de comprimento ao longo da costa da península que é separada do continente pela Lagoa Yalahau. Considerada como um dos mais importantes ecosistemas do mundo, a Holbox e suas águas circundantes são parte da chamada Yum Balam Biosphere Reserve.

Suas praias calmas de areia fina e clara são locais importantes onde as tartarugas fazem seus ninhos e onde mais de 500 espécies de pássaros podem ser encontradas.

O Caboe Catoche, o cabo na parte leste da ilha (a direita) é onde o Golfo do México e o Mar do Caribe se encontram. O encontro das águas cria um caleidoscópio de tonalidades turquesa e esmeralda.

Localizada onde as correntes do Golfo, do Caribe e do Oceano Atlântico se misturam cria uma água rica em nutrientes, e por esse motivo essa área suporta uma abundante e diversa vida marinha.

Em adição aos golfinhos, arraias e algumas espécies de tubarão a água rica em plâncton suporta a maior congregação de tubarões brancos – o maior peixe da Terra – por cinco meses durante o ano.

A lagoa de água fresca tem um profundo buraco rochoso que localiza-se ao redor da ilha fazendo com que a água pareça preta. Acredita-se que Holbox que em Maia significa buraco negro, recebeu esse nome depois de se notar que a água da lagoa era preta.

O Korea Multi-purpose Satllite (Kompast-2) do Korea Aerospace Research Insitute adquiriu essa imagem no dia 12 de Março de 2011. Lançado em 2006, o Kompast-2 foi desenvolvido para garantir a continuidade de seu predecessor o Kompast-1.

A Agência Espacial Europeia (ESA) suporta a série de satélites Kompast como parceiro, significando que ela usa sua infra-estrutura terrestre e seus especialistas para adquirir processar e distribuir os dados a seus usuários.

Fonte:

http://www.esa.int/esaEO/SEMOYZ3UFLG_index_0.html

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo