fbpx
19 de setembro de 2021

Um Belo Registro da Chuva de Meteoros Orionídeas

Meteoros foram arremessados da constelação de Orion. Isso era esperado, já que Outubro é a época do ano da Chuva de Meteoros das Orionídeas. A foto acima, mostra dezenas de meteoros, e foi feita somando exposições tiradas no último final de semana sobre o vulcão Wulan Hada, na região interior da Mongólia, China. A imagem acima mostra múltiplos rastros de meteoros, que podem ser conectados a uma única e pequena região no céu, chamada de radiante, aqui visível logo acima e a esquerda do Cinturão de Orion. A chuva de meteoros das Orionídeas começa quando grãos de poeira expelidos pela passagem do cometa Halley e concentrados na órbita terrestre encontram a atmosfera do nosso planeta. O Cometa Halley, na verdade, é responsável por duas conhecidas chuvas de meteoros, as Orionídeas e as Eta Aquarídeas que acontece no mês de Maio. No próximo mês, teremos a Chuva de Meteoros das Leonídeas, que tem como corpo parental o Cometa Tempel-Tuttle e deve também resultar em meteoros brilhantes cortando o céu.

Fonte:

https://apod.nasa.gov/apod/ap171030.html

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo