Três Visões da Cratera Hokusai em Mercúrio


hokusai_comp


observatory_1501051A imagem acima mostra três mosaicos oblíquos da Hokusai, uma cratera complexa localizada no hemisfério norte de Mercúrio. O mosaico mais superior mostra uma visão da Hokusai onde o norte está para a direita. A imagem inferior esquerda é um mosaico colorido que também tem o norte para a esquerda. Na parte inferior direita, está o mosaico obtido com alto ângulo de incidência onde o norte está agora para a direita. O alto ângulo de incidência enfatiza as diferenças topográficas pois o baixo ângulo do Sol cria longas sombras. Evidente em todos os mosaicos é o material derretido pelo impacto, suave que cobre o assoalho da cratera, o pico central, a cobertura de material ejetado e as paredes em forma de terraços.

O mosaico superior foi adquirido como sendo uma observação planejada de alta resolução. Observações planejadas são imagens feitas de uma pequena área da superfície de Mercúrio com resoluções muito maiores que os tradicionais 200 metros por pixel usados na geração do mapa base morfológico. Como não é possível cobrir toda a superfície de Mercúrio com essa alta resolução, algumas áreas de alto interesse científico são escolhidas e imageadas nesse modo a cada semana.

A imagem inferior esquerda colorida, foi adquirida como parte de um conjunto planejado de imagens coloridas de 11 cores. Adquirir alvos com 11 cores é uma nova campanha que começou em Março de 2013 e que utiliza todos os 11 filtros coloridos de banda estreita da câmera WAC. Devido à grande quantidade de dados envolvidos, somente feições com um interesse científico especial são planejadas para serem adquiridas com todas as 11 cores.

O mosaico na parte inferior direita foi adquirido como parte do mapa base de ângulo de alta incidência do instrumento MDIS. O mapa base de ângulo de alta incidência complementa o mapa base morfológico de superfície da missão primária da MESSENGER que foi adquirido sob ângulos de incidência geralmente mais moderados. Altos ângulos de incidência, obtidos quando o Sol está perto do horizonte, resulta em longas sombras que acentuam as feições geológicas topográficas de pequena escala. O mapa base de ângulos de alta incidência foi adquirido com uma resolução média de 200 metros por pixel.

Fonte:

http://messenger.jhuapl.edu/gallery/sciencePhotos/image.php?page=1&gallery_id=2&image_id=1442


alma_modificado_rodape1051

 

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.