Terraços na Cratera Aitken na Lua

Essa cratera tem um interior incomum para o seu tamanho. Uma cratera de impacto desse tamanho normalmente tem um forma de simples de taça, esse exemplo por sua vez mostra terraços  e pequenas colinas. Os terraços nos dão a ideia sobre o material do impacto. Um bólido que se chocou com a superfície sólida coberta por material solto, por exemplo, um mar coberto por solo, usara menos energia para quebrar esse material solto do que o material sólido. O excesso de energia irá escavar mais material gerando uma cratera maior. Então nós observamos terraços na interface entre o solo (material perturbado) e o material mais coerente abaixo. O fato da cratera não possuir raios brilhantes indica que ela é velha, ou seja, seus raios já foram alterados e cobertos.

Para quem ainda não conhece, o vídeo abaixo mostra a câmera conhecida por LROC que faz essas belas imagens da Lua.

Fonte:

http://lroc.sese.asu.edu/news/index.php?/archives/323-Terraced-Craters-in-Aitken-Crater.html

http://lunarscience.arc.nasa.gov/articles/the-lunar-orbiter-camera

 

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo