fbpx

Telescópio Espacial WFIRST Passa Por Marco Importante Para Ser Concretizado

Um telescópio espacial da NASA recentemente passou por uma grande revisão e obteve grandes progressos, disseram as autoridades, apesar das incertezas com relação ao seu financiamento.

A NASA anunciou em 1 de novembro de 2019, que o Wide-Field Infrared Survey Telescope, também conhecido como WFIRST passou pela chamada revisão de design preliminar, ou PDR, o que é um grande marco no desenvolvimento do observatório espacial. O PDR geral aconteceu depois de revisões similares ocorridas em meses recentes onde vários componentes da espaçonave foram aprovados.

Curiosamente, a NASA não fez tanto alarde do PDR, que é normalmente considerado um grande passo para o desenvolvimento de qualquer espaçonave. Um tweet informou e parabenizou a missão, mas nenhum release formal foi emitido. Em contraste, quando o telescópio do WFIRST, um dos elementos do observatório espacial, passou pelo PDR, teve um grande comunicado para a imprensa, em Agosto de 2019.

De acordo com as autoridades, o WFIRST passou com louvor pela revisão. O trabalho de converter o espelho primário de 2.4 metros do telescópio que a NASA ganhou de outra agência governamental, o National Reconnaissance Office, estava indo melhor do que o esperado. Para quem não sabe o WFIRST era um telescópio espião que foi dado de presente para a NASA.

A falta de um comunicado formal da revisão pode ser justificada pelo problema de orçamento que enfrenta o WFIRST. Na verdade, o telescópio espacial está no meio de um cabo de guerra entre a Casa Branca e o Congresso. A Casa Branca não separou verba para o WFIRST no orçamento de 2020, mas o Congresso resolveu dar 312 milhões de dólares para a missão.

Para não ficar para trás, a Casa Branca e o Senado resolveram então mover fundos para o WFIRST em 2020, mas em níveis diferentes. A Casa Branca ofereceu 510.7 milhões de dólares e o Senado 445.7 milhões de dólares.

Em ambos os casos, a notícia boa é que o desenvolvimento do WFIRST irá continuar.

Com esses problemas de orçamento, o programa pode sofrer atrasos, e o seu lançamento que era previsto para 2025 pode ser atrasado em alguns anos. Mas tudo isso só poderá ser definido depois, quando o projeto realmente receber o orçamento para poder continuar sem muito problema.

A NASA deve continuar com o desenvolvimento do WFIRST dentro do custo de 3.2 bilhões de dólares.

O próximo grande passo para o WFIRST será a chamada revisão de confirmação, conhecida como Key Decision Point C, ou KDP-C, quando a NASA irá firmar o compromisso formal do custo e da programação da missão. Esse processo deve ser completado em Fevereiro de 2020.

Antes do KDP-C, o projeto do WFIRST irá passar por assessments, tanto do Goddard Space Flight Center, como por um grupo de revisão, isso inclui uma série de revisões que serão feitas sobre o custo e sobre a programação geral do projeto, e isso deve durar de Dezembro de 2019 até Fevereiro de 2020.

Vamos acompanhando o que vai acontecendo com o WFIRST.

Fonte:

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .