SunPy – A Comunidade Para Você Integrar Astronomia e Computação Usando Python

Hoje um post dedicado aos meus amigos programadores de plantão, e não só para eles, mas para todo mundo que quiser entrar nessa área de programação e que gosta de astronomia.

Todo mundo sabe que Python, é uma linguagem de programação muito famosa, talvez, a mais famosa atualmente para uma grande quantidade de aplicações. Dentre essas aplicações, lógico, que a astronomia não poderia ficar de fora. Recentemente foi lançado um pacote chamado SunPy, que permite fazer uma boa parte do que chamamos de estudos de física do Sol, ou a heliofísica, usando Python.

A era moderna da astronomia está quase que totalmente baseada na ciência computacional, é assim, através de códigos, cada vez mais complexos que avançamos o nosso entendimento sobre o universo. Aquela visão romântica de ficar ali no telescópio, trocando as oculares, arrumando todo o instrumento, meio que já ficou para trás. Óbvio, que as observações são fundamentais para a aquisição dos dados, mas hoje um astrônomo recebe um conjunto de observações que ele programou para serem feitas. E o segredo é como ele irá analisar isso, aí entra a ciência da computação.

Claro que você pode ter a sua preferência com relação a uma determinada linguagem ou outra, mas Python é a queridinha de todos atualmente. As grandes empresas usam Python e os astrônomos também estão adotando essa linguagem no seu dia a dia.

O campo da física solar possui uma grande quantidade de dados que são publicamente disponíveis, sobre a observação do Sol, tanto feita por telescópios espaciais como por telescópios em Terra. E como boa parte da ciência atual é muito colaborativa, os cientistas costumam compartilhar a ferramenta que estão usando para analisar os dados.

Com isso em mente, um grupo de pesquisadores resolveu criar a SunPy, uma comunidade de desenvolvimento de softwares livres e abertos que consiste de ferramentas para analisar os dados do Sol.

A SunPy é totalmente de livre acesso. E na sua primeira versão cerca de 50 mil linhas de código estão disponíveis para analisar os dados solares.

É possível pesquisar e baixar dados de diferentes missões solares, e de diferentes instrumentos, através de uma interface consistente.

É possível carregar e visualizar as séries de dados, para, por exemplo, analisar como um tipo de fluxo se forma numa região.

É possível realizar a transformação entre uma grande variedade de sistemas de coordenadas.

A ideia dos pesquisadores é numa próxima versão disponibilizar dados multiespectrais e multidimensionais.

Eles esperam que a comunidade cresça e se desenvolva.

Então está aí, se você é da área de computação e gosta de astronomia, ou é da área de astronomia e gosta, ou precisa da parte de computação, conheça a SunPy.

Todos as referências abaixo:

https://iopscience.iop.org/article/10.3847/1538-4357/ab4f7a/pdf

https://docs.sunpy.org/en/stable/generated/gallery/index.html

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.