Sonda MRO Registra O Que Acontece Com O Terreno Marciano Após O Impacto de Um Asteroide

Asteroides atingem a superfície marciana e criam pequenas crateras como a mostrada nessa imagem. Normalmente, essas novas crateras são registradas em imagens de resolução mais baixa usando a Context Camera da sonda MRO, pois o impacto perturba a poeira na superfície e cria uma marca escura que é muito maior que a cratera.

Porém, nesse caso, o bólido atingiu uma área empoeirada de Marte e fez uma cratera, mas fez algo a mais na poeira ao redor. É possível ver dezenas de rastros escuros livres de poeira, nos taludes ao redor da cratera. Essas marcas no talude formam quando a poeira desliza e acaba se depositando numa base mais regular.

Nesse caso, porém, o impacto e a explosão que criou a cratera parecem ter criado vários desses deslizamentos simultâneos. Isso pode ter acontecido a partir da onda de choque da explosão que passou pelo ar ou pelo tremor no terreno causado pelo impacto do asteroide.

Fonte:

https://www.uahirise.org/ESP_065703_1900

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo