Sonda Juno da NASA É “Empacotada” Para Seguir Viagem ao Espaço

O trabalho com a sonda da NASA Juno continua, agora, a sonda está sendo inserida em seu compartimento desde ontem, dia 18 de Julho de 2011. O compartimento funcionará como um casulo protetor que irá ser o escudo da Juno durante os 205 segundos de ascensão da sonda em sua órbita. O processo de encapsular a sonda deve demorar aproximadamente 4 dias.

Na última sexta-feira, dia 15 de Julho de 2011, a equipe da Juno usou um processo chamado de radiografia de raios-gama para inspecionar a solda das conexões dos dois principais instrumentos que viajarão com a sonda, ou seja, dois magnetômetros. Os resultados dessa inspeção indicaram que existe uma boa quantidade de solda conectando os cabos e fios o que permitirá que os instrumentos da Juno operem bem durante toda a missão.

A sonda Juno carrega dois magnetômetros do tipo Flux Gate que irão medir o poderoso ambiente magnético do planeta Júpiter. Testes de laboratório dos aquecedores semelhantes aos da Juno desenvolvidos para manter os magnetômetros aquecidos no espaço, indicaram uma pequena probabilidade de que as conexões possam não operar como o esperado. Como precaução, o pessoal responsável pela Juno e o pessoal da NASA decidiu inspecionar os elementos aquecedores da Juno e se necessário reparar as conexões elétricas dos aquecedores para garantir o sucesso da missão.

“Esse teste nos deu confiança de que o nosso magnetômetro irá trabalhar como previsto no ambiente mais hostil que você pode encontrar em todo o Sistema solar”, disse Scott Bolton, principal pesquisador da Juno do Southwest Research Institute em San Antonio no Texas.

O período de lançamento da sonda Juno iniciará em 5 de Agosto de 2011 e se estenderá até 26 de Agosto de 2011. Se o lançamento ocorrer em 5 de Agosto de 2011, a janela de lançamento ficará aberta entre 12:34, hora de Brasília e 13:43.

O Laboratório de Propulsão a Jato da NASA em Pasadena na Califórnia, administra a missão Juno por meio do principal pesquisador da missão Scott Bolton da Southwest Research Insitute de San Antonio no Texas. A empresa Lockheed Martin Space Systems em Denver, construiu a sonda. A Agência Espacial Italiana em Roma contribuiu com o instrumento de espectrometria infravermelha e com uma porção do experimento científico de rádio. O JPL é uma divisão do Instituto de Tecnologia da Califórnia em Pasadena.

Fonte:

http://www.jpl.nasa.gov/news/news.cfm?release=2011-215

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.