Será Que Estaríamos Vivendo Em Marte Se Tivéssemos Seguido o Plano Abaixo?

O Plano de Exploração Espacial da Empresa Rockwell International.
O Plano de Exploração Espacial da Empresa Rockwell International.

observatory_1501054Você sempre quis ir ao espaço? Bem, certamente você não está sozinho. Mas também quase que com certeza não está tão preparado como estava a empresa Rockwell International em 1989.

Um plano gigantesco feito por essa empresa foi encontrado e é apresentado na imagem acima. Esse plano detalha de forma insana como a empresa pensava em conduzir a exploração espacial. Em 1983, ela via que deveríamos usar a primeira geração de naves espaciais reutilizáveis. Durante o ano de 1998, de acordo com a empresa, já teríamos a condição de firmar os sistemas de propulsão e começar a expansão interplanetária. Em 2008, supostamente teríamos uma base lunar já estabelecida.

No ano de 2013, nós deveríamos ter expandido a base lunar internacional e criado um espaço porto lunar. Nós também teríamos que ter começado a fase onde a civilização biplanetária já teria se desenvolvido para explorar recursos extraterrestres. Em 2018, poderíamos expandir a nossa exploração para o Sistema Solar interno e desenvolver uma atividade de larga escala econômica e industrial no espaço. E em 2033, nós poderíamos suportar uma base em Marte.

Você pode explorar o mapa clicando na figura, que abrirá um mapa muito mais detalhado. Se você pensa que o rover Curiosity é algo impressionante, imagine onde poderíamos ter ido se alguém tivesse levado a sério e executado o plano da Rockwell.

Analisando com tudo que já aconteceu na exploração espacial, a empresa não errou muito não. A década de 80 vi os ônibus espaciais dominarem o cenário, um tipo de veículo reutilizável, e de acordo com a NASA existe o claro plano de enviarmos o homem a Marte a partir de 2020.

O que a empresa pensou de diferente e que foi esquecido por todos, foi a Lua. Será que se tivéssemos continuado a explorar o nosso satélite já teríamos uma base lá atualmente? Fica aí a dúvida no ar. Mas claramente, de acordo com a Rockweel, uma base na Lua seria um passo crucial para a exploração do restante do Sistema Solar. Na timeline da exploração espacial, depois dos ônibus espaciais, os esforços foram concentrados no envio de sondas a Marte, no envio de sondas para o Sistema Solar externo e na construção da ISS. Certo? Errado? Não, em minha opinião são escolhas. Mas o plano da Rockweel é algo muito interessante. Sugiro que passem um tempo analisando é possível encontrar muita coisa interessante.

Fonte:

http://blogs.smithsonianmag.com/smartnews/2012/09/if-we-had-followed-this-plan-wed-be-living-on-mars-by-now/

alma_modificado_rodape1053

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.