Rover Perseverance da NASA Está Na Metade Do Caminho Para Marte

Algumas vezes, meias medidas podem ser coisas boas, especialmente numa jornada tão longa. O último rover da NASA mandado para Marte, só está a 235 milhões de quilômetros do seu destino.

O rover Perseverance da missão Mars 2020 da NASA já percorreu, 235 milhões de quilômetros desde que foi lançada. Isso quer dizer que ela está exatamente na metade do caminho da sua jornada até o Planeta Vermelho, onde deve chegar e pousar no dia 18 de fevereiro de 2021.

Às 17:40, hora de Brasília, do dia 27 de outubro de 2020, a sonda estará exatamente na metade do caminho da sua jornada até Marte.

A influência gravitacional do Sol tem um papel importante em moldar não só a trajetória da sonda para Marte (aliás tem papel importante em tudo que está no Sistema Solar), mas também no movimento relativo dos planetas. Então, a trajetória do Perseverance para Marte segue uma trajetória curva, ao invés de uma linha reta.

Embora o Perseverance esteja na metade da distância necessária para viajar até Marte, o rover não está na metade da distância entre os dois planetas. Em linha reta, de Marte até a Terra, são 42.7 milhões de quilômetros já deixados para trás pelo Perseverance, e ainda faltam 28.8 milhões de quilômetros pela frente.

Na distância atual, o sinal leva 2 minutos e 22 segundos para viajar desde os controladores da missão no JPL até a sonda usando para isso a Deep Space Network. No momento do pouso, o Perseverance terá viajado uma distância de  470.8 milhões de quilômetros e Marte estará a aproximadamente 209 milhões de quilômetros de distância da Terra, nesse ponto, uma transmissão levará 11.5 minutos para sair da Terra e chegar na sonda.

A equipe da missão continua verificando os sistemas da sonda e da missão durante toda a viagem interplanetária.

Os instrumentos RIMFAX (o GPR) e o MOXIE (o produtor de oxigênio) foram testados e foi determinado que estavam bem no dia 15 de outubro de 2020. O MEDA (a estação meteorológica do Perseverance) também está bem, e foi testada no dia 19 de outubro de 2020. Até mesmo as condições do tubo de raios-X do instrumento PIXL (esse é aquele que pode descobrir sinais de vida passada em Marte) foram testadas e está tudo bem com ele. Além dessas verificações, os controladores, já carregaram as baterias do helicóptero marciano, carregaram arquivos e uma sequência de operações na superfície, e estão planejando as manobras de correção de curso para que tudo corra bem com o Perseverance durante toda a sua jornada e ele chegue 100% em Marte.

O principal objetivo da missão do Perseverance em Marte é fazer estudos de astrobiologia, incluindo a pesquisa por sinais de vida microbiana antiga. O rover irá caracterizar a geologia e o clima de Marte, irá também pavimentar o caminho para a exploração humana do Planeta Vermelho, e será a primeira missão a coletar amostras do solo marciano e guardar essas amostras, para que no futuro elas sejam enviadas para a Terra.

A missão Mars 2020 é parte de um programa muito maior de exploração espacial que inclui missões para a Lua em preparativo para uma exploração humana de Marte. Tudo isso fará com que o homem retorne para a Lua em 2024 e depois mantenha uma exploração contínua e de longo período no nosso satélite, de acordo com os planos do Programa Artemis.

O JPL, que é gerenciado pelo Caltech para a NASA em Pasadena na Califórnia, construiu, e gerencia as operações dos rovers Perseverance e Curiosity.

Para mais informações sobre o Perseverance, visite:

mars.nasa.gov/mars2020/

nasa.gov/perseverance

Para mais informações sobre as missões da NASA para Marte, visite:

https://www.nasa.gov/mars

Fonte:

https://www.nasa.gov/feature/jpl/nasas-perseverance-rover-is-midway-to-mars

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.