Raro Fenômeno Moonbow É Fotografado no Havaí Juntamente Com a Erupção de Um Vulcão e Com o Céu Estrelado


Arco-íris formados pela luz da Lua, ou os chamados Moonbows, são raros e por isso são mais perseguidos do que os ordinários arco-íris gerados pela luz do Sol. Para que se veja um Moonbow é necessário se ter chuviscos com um céu muito claro entre as nuvens para deixar que a luz passe por elas. O Havaí, a Irlanda e parte oeste da Escócia são os melhores lugares para caçar esses Moonbows.

Os Moonbows são vistos com menos frequência que os arco-íris tradicionais pois necessita de uma grande combinação de fatores, um céu escuro e livre de poluição, uma Lua brilhante e com menos de 40 graus de altura no céu. Uma Lua que estiver perto da fase cheia é ideal, mas não essencial. Moonbows podem ser registrados até com 4 dias depois da Lua Nova, lógico que em condições muito especiais.

As fotos aqui apresentadas mostram um Moonbow gerado por uma Lua próxima da sua fase cheia que está mergulhando baixo no horizonte oeste. As gotas de chuva eram pequenas como pode ser evidenciado na imagem acima onde o arco-íris é mais largo e tende em direção à névoa.

As fotos foram feitas em Kilauea no Havaí. As fotos foram tiradas no dia 11 de Setembro de 2011, e além do raro fenômeno do Moonbow, pode-se ver também uma erupção da cratera conhecida como Halema’uma’u na caleira do Kilauea e o no céu estrelado pode-se ver em destaque a constelação de Orion.

Fonte:

http://www.atoptics.co.uk/fz681.htm


Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.