fbpx

RADIAÇÃO HAWKING PODE SER CONFIRMADA POR ECO DE ONDA GRAVITACIONAL | SPACE TODAY TV EP2100

ASSISTA O VÍDEO DA NED:

https://www.youtube.com/watch?v=ywmXvsHBBp4

————————————————————————————————————

VISITE A LOJA DO SPACETODAY:

https://www.spacetodaystore.com

————————————————————————————————————

SEJA MEMBRO DO SPACE TODAY E AJUDE COM A CRIAÇÃO DE CONTEÚDO SÉRIA NA ÁREA DE ASTRONOMIA:

https://www.patreon.com/spacetoday

https://apoia.se/spacetoday

https://www.youtube.com/channel/UC_Fk7hHbl7vv_7K8tYqJd5A/join

————————————————————————————————————

ESCUTE O PODCAST HORIZONTE DE EVENTOS – EPISÓDIO DE HOJE – BETELGEUSE

https://soundcloud.com/user-956768544/horizonte-de-eventos-episodio-7-betelgeuse-vai-explodir

————————————————————————————————————

VENHA PARTICIPAR DO CURSO DE ASTRONOMIA DO SPACE TODAY:

http://academyspace.com.br/bigbang

————————————————————————————————————

De acordo com a Teoria Geral da Relatividade de Albert Einstein, nada pode escapar da força da gravidade de um buraco negro depois que cruza o horizonte de eventos.

Assim, os cientistas entendiam os buracos negros, até surgir Stephen Hawking.

Hawking usou a chamada mecânica quântica para prever que partículas quânticas escapam vagarosamente dos buracos negros.

Essas partículas receberam o nome de radiação de Hawking.

Até aí tudo bem, mas o problema é, ninguém consegue provar se ela realmente existe.

Mas agora uma luz, pode ter surgido para tentar esclarecer as coisas nesse difuso campo que envolve buracos negros, mecânica quântica e radiação Hawking.

E essa luz veio das ondas gravitacionais.

Os cientistas dizem que se algo escapa do buraco negro, as ondas gravitacionais poderiam rebater nela e criar um sinal menor, após o evento principal, como se fosse um eco.

Então, um grupo de cientistas resolveu tentar encontrar esses ecos e demonstrar que a radiação de Hawking pode ser sim detectada.

Os cientistas utilizaram o evento de onda gravitacional conhecido como GW170817.

Se você está ligado nas ondas gravitacionais, ao ouvir esse código já sabe, que esse é o evento de fusão de duas estrelas de nêutrons, aquele amplamente estudado, tanto no espectro eletromagnético como nas ondas gravitacionais.

Nesse evento os cientistas conseguiram detectar os tais ecos da onda gravitacional.

Os cientistas então modelaram os ecos que foram detectados, com o que seria esperado caso a radiação de Hawking estivesse presente.

Mas os cientistas são cautelosos, eles disseram que é pouco provável que essa detecção seja causada por algo aleatório.

Porém é necessário detectar mais dessas emissões para deixar tudo bem robusto e assim comprovar mesmo a detecção da radiação de Hawking.

Confirmando seria algo realmente incrível, pois teríamos a chance de investigar a estrutura quântica do espaço-tempo.

E aí estão as ondas gravitacionais, nos mostrando como é possível utilizar a sua detecção para estudar porções até então escondidas do universo.

Fonte:

https://phys.org/news/2020-01-gravitational-echoes-stephen-hawking-hypothesis.html

https://arxiv.org/pdf/1803.10454.pdf

#HawkingRadiation #GravitationalWave #SpaceToday

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .