Quase Gêmeas – As Crateras Calippus e Calippus C na Lua

A Calippus e a Calippus C são duas feições circulares com quase o mesmo tamanho na Lua. A Calippus C teve metade de forma perdida, talvez um defeito de nascimento, resultado da sua formação em frente às Montanhas Caucasus. Não existe nada na sua parede oeste, e lavas do mar Imbrium posteriores cobriram o jato de material ejetado que poderia ter gerado ali uma parede se nada tivesse acontecido durante a sua construção. Com um diâmetro de 32 km, a Calippus se esperaria que ela tivesse deslizamentos de parede e um pico central, talvez até mesmo terraços íngremes mais massivos, como acontece na cratera Godin (mostrada abaixo). Mas sua parede íngreme e seu interior sem pico faz com que ela se pareça mais com a cratera Proclus (segunda imagem abaixo). De fato, a alcova na porção oeste do anel sugere que a Calippus – como a Proclus – tenha se formado por meio de um impacto oblíquo. Mas a Calippus é velha o suficiente – basta notar a falta da crista de anel – de modo que qualquer raio que poderia provar essa teoria já foi obscurecido pelo chamado intemperismo espacial.


Fonte:

http://lpod.wikispaces.com/April+16%2C+2011

 

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.