fbpx
17 de setembro de 2021

Perseida Solitário Sobre o Oceano

Depois do nascer da Lua no dia 12 de Agosto de 2017, esse grão de areia cósmica, brilhou nos céus, como parte da Chuva de Meteoros Perseidas. Para criar os meteoros da Perseida, a poeira localizada ao longo da órbita do cometa Swift-Tuttle é varrida pelo planeta Terra. Os detritos cometários atravessam a atmosfera a uma velocidade aproximada de 60 km/s e rapidamente se vaporizam a altitudes de 100 quilômetros. Os meteoros das Perseidas normalmente são brilhantes e coloridos como esse mostrado na imagem acima. Essa imagem mostra a parte sul e oeste pelo Mar Adriático, desde a costa Dalmácia iluminada pela Lua olhando para a direção da Ilha de Brac.

Fonte:

https://apod.nasa.gov/apod/ap170816.html

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo