Parker Solar Probe Completa Com Sucesso Sua Segunda Aproximação Com o Sol

Muitas pessoas perguntam sobre algumas missões, quais são os status delas. Uma dessas missões é a Parker Solar Probe.

Uma coisa que as pessoas têm que entender é que as missões longas, e missões científicas, nós só temos informações quando os trabalhos são publicados mostrando algum resultado com os dados coletados por ela. O resto da missão, na sua maior parte do tempo, fica restrito àqueles que seguem e trabalham na missão durante a sua jornada.

Sobre a Parker Solar Probe, essa semana recebemos uma notícia dela, ela completou com sucesso a sua segunda aproximação com o Sol, ou seja, passou pelo seu segundo periélio e agora entra naquela fase que ela não se comunica, passando atrás do Sol. No dia 4 de Abril de 2019, às 19:40, hora de Brasília, a sonda passou a 24 milhões de km do Sol, estabelecendo assim o novo recorde de aproximação com a nossa estrela. A Parker Solar Probe estava viajando à incrível velocidade de 343 mil quilômetros por hora, durante o periélio.

A equipe da missão da Parker Solar Probe que fica no Laboratório de Física Aplicada da Universidade Johns Hopkins, Laurel, Maryland, programou um contato com a sonda através da Deep Space Network por 4 horas enquanto ela passava pelo periélio e monitorou a “saúde” da sonda enquanto ela realizava a parte mais crítica do seu encontro. A Parker Solar Probe enviou uma confirmação de seu status, indicando que ela está operando normalmente e que todos os seus instrumentos coletaram os dados científicos previstos.

“A sonda está funcionando e o seu desempenho está acontecendo como foi previsto, e foi muito bom poder ter rastreado a sonda durante todo o periélio”, disse Nickalaus Pinkine, gerente de operações da missão da Parker Solar Probe no APL.

“Nós estamos esperando fazer o download dos dados científicos desse encontro nas próximas semanas e assim a equipe científica da missão poderá continuar a explorar os mistérios da coroa solar”.

A sonda Parker Solar Probe começou esse seu encontro com o Sol, no dia 30 de Março de 2019, e o concluiu no dia 10 de Abril de 2019. A fase de encontro com o Sol, é definida quando a sonda entra na distância de 0.25 UA – 37000000 de quilômetros – do Sol, onde 1 UA é a distância média entre a Terra e o Sol, que equivale a 150 milhões de quilômetros.

Fonte:

https://blogs.nasa.gov/parkersolarprobe/2019/04/05/parker-solar-probe-completes-second-close-approach-to-the-sun/

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.