fbpx

Os Pontos Vermelhos da Lua


No final dos anos de 1950, quando alguns cientistas estudavam a Lua, Ewen Whitaker emprestou uma técnica de Fritz Zwicky, um astrônomo galáctico, para fazer imagens da Lua através de filtros azul e vermelho. combinando essas imagens de uma maneira para eliminar o albedo, Ewen foi capaz de identificar regiões de cores distintas, que nós sabemos agora, possuem essas cores diferentes por refletirem diferentes composições do solo da Lua. As imagens obtidas por Ewen foram bem estudadas e descrevem um grande número de pontos vermelhos que parecem ser rochas vulcânicas com composições diferentes das lavas de mares. Agora, imagens filtradas coloridas feitas com a câmera WAC da sonda Lunar Reconnaissance Orbiter atualizaram os contrastes de cores obtidos por Ewen, só que com uma resolução muito mais alta. Os mares com conteúdos intermediários e altos de titânio são mostrados em azul, mas o que é interessante aqui são os pontos vermelhos que possuem baixo conteúdo de titânio e que são marcadas com letras. Cada letra representa uma área vulcânica que não é de mar, que nós conhecemos, mas o que controla sua distribuição ainda é uma incerteza.

1972 moon ___4__348w

View more documents from Sergio Sancevero

1975 lpi co_234__189w

View more documents from Sergio Sancevero

Fonte:

https://lpod.wikispaces.com/October+16%2C+2011


Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .