fbpx
22 de fevereiro de 2024

Os Ecos de Luz da Estrela V838 Mon


Por razões ainda desconhecidas, a superfície externa da estrela V838 Mon de forma repentina experimentou uma grande expansão, com isso ela se tornou a estrela mais brilhante de toda a Via Láctea em Janeiro de 2002. Então, de forma mais repentina ainda, ela se apagou. Um flash estelar como esse nunca tinha sido observado antes. É verdade que as supernovas e novas expelem matéria para o espaço. Mas enquanto o flash da V838 Mon parecia ser um processo de expelir material para o espaço, o que se estava vendo ali era na verdade o movimento do eco desse flash brilhante. Em um eco de luz, a luz do flash é refletida por anéis sucessivamente mais distantes no ambiente de poeira interestelar  que já circundava a estrela. A V838 Mon, localiza-se a aproximadamente 20000 anos-luz de distância da Terra na constelação de Monoceros, o Unicórnio. A imagem acima foi feita pelo Telescópio Espacial Hubble em Fevereiro de 2004 e o eco de luz observado tem aproximadamente seis anos-luz de diâmetro. No vídeo abaixo pode-se ver a evolução desse eco de luz da V838 Mon.

Fonte:

http://apod.nasa.gov/apod/ap111204.html



Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo