fbpx

Os Canais Lineares na Lua


Os canais lineares na Lua, são assim denominados pois eles possuem uma morfologia praticamente reta e uma expressão em superfície. Diferente dos canais sinuosos, que são vulcânicos, os canais lineares tem origem tectônica. Esses canais lineares na Lua são semelhantes às feições na Terra que são chamadas de graben, e são criadas quando duas falhas normais delimitam um bloco de rocha que sofreu uma depressão, produzindo assim um vale. Como as falhas normais são entendidas como sendo produto de tensão extensional, nós podemos assumir que essa região da Lua foi separada por um puxão, criando essas falhas normais, derrubando os blocos no meio e produzindo os canais lineares. Desse modo, um canal linear na Lua é como se fosse um graben na Terra.

Nas imagens aqui apresentadas, duas falhas normais parecem estar afastadas. O que nós estamos vendo aqui? Isso é provavelmente um degrau entre duas falhas normais que constitui a parede leste do canal. Quando duas falhas estão perto uma das outras, elas podem interagir e criar um degrau que atua até mesmo fora do deslocamento e das forças que criaram as falhas. Desníveis como esses são comuns e são observados em outras feições tectônicas na Lua.

Fonte:

http://lroc.sese.asu.edu/news/index.php?/archives/453-Its-the-Moons-Fault.html



Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .