Os Anéis Brilhantes da Nebulosa do Anel

Existe muito mais na familiar Nebulosa do Anel, a M57, do que pode ser visto através de pequenos telescópios. O anel central que é facilmente visível tem cerca de um ano-luz de diâmetro, mas essa exposição profunda, um esforço colaborativo combinando dados de três diferentes grandes telescópios, explora o loop de filamentos de gás brilhante que se estende muito além da estrela central da nebulosa. Essa impressionante imagem inclui uma imagem feita em  hidrogênio de banda estreita, emissão na luz visível e emissão em infravermelho. Claro, nesse exemplo, muito estudado de uma nebulosa planetária, o material brilhante não vem de planetas. Esse escudo gasoso de fato representa as camadas externas ejetadas por uma estrela parecida com o Sol que está morrendo. A Nebulosa do Anel localiza-se a cerca de 2000 anos-luz de distância da Terra, na direção da constelação da Lyra.

Fonte:

https://apod.nasa.gov/apod/ap180715.html

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.