Opportunity Faz Imagens De Crateras Em Marte Que Possuem Nomes Em Homenagem a Apollo 12

Cratera Intrepid em Marte.

A sonda robótica de exploração de Marte Opportunity visitou e fotografou duas crateras informalmente denominadas em homenagem a nave que levou os homens para a Lua a 41 anos atrás.

A Opportunity se dirigiu passando pela cratera Yankee Clipper em 4 de Novembro de 2010 e alcançou a Cratera Intrepid em 9 de Novembro de 2010. Para a Apollo 12 da NASA, a segunda missão a colocar homens na Lua, os módulos de comando e de serviço eram chamados de Yankee Clipper e era pilotado por Dick Gordon e o módulo lunar era chamado de Intrepid e era pilotado por Alan Bean e comandado por Pete Conrad. O Intrepid pousou na Lua com Bean e Conrad em 19 de Novembro de 1969, enquanto que o Yankee Clipper ficou em órbita da Lua. Esse pouso aconteceu somente quatro meses depois da Apollo 11 pousar pela primeira na Lua.

Bean escreveu para a equipe do Mars Exploration Rover: “Eu acabei de falar com Dick Gordon sobre a maravilha de ser homenageado depois de nosso voo da Apollo 12. Quarenta e um ano atrás, nós nos aproximávamos da Lua no Yankee Clipper com o Intrepid na nossa cauda. Nós ficamos animados com a oportunidade de realizar a exploração de um lugar do universo diferente da Terra onde a maior parte dos humanos nunca tinham estado antes. Nós estávamos ansiosos para dar o nosso melhor. Você e a sua equipe tem a mesma oportunidade. Façam o melhor que vocês possam”.

Cratera Intrepid em Marte em cores falsas.

Membro da equipe de ciência do rover, James Rice do Goddard Space Flight Center da NASA em Greenbelt Md, sugeriu usar os nomes da Apollo 12. Eles foram aplicados numa convenção da equipe do rover que decidiu usar nomes de naves históricas usadas na exploração da história da humanidade para dar nomes informais às crateras observadas pela sonda Opportunity durante sua missão no Planum Meridiano em Marte.

“As missões Apollo me inspirou quando eu era jovem, eu lembrava de todas as datas. Quando nós nos aproximávamos dessas crateras, eu lembrei na hora que estávamos nos aproximando da data de aniversário da Apollo 12, 19 de Novembro”, disse Rice. Ele enviou as fotos feitas pela Opportunity para Bean e Gordon.

A Cratera Intrepid tem aproximadamente 20 metros de diâmetro e a Cratera Yankee Clipper tem aproximadamente metade desse tamanho.

Cratera Yankee Clipper em Marte.

Após ficar por dois dias fotografando as rochas expostas na Cratera Intrepid, a Opportunity continuou na sua longa jornada até a Cratera Endeavour, uma cratera altamente erodida e aproximadamente 1000 vezes mais larga que a Cratera Intrepid. O nome Endeavour é em homenagem ao navio usado por James Cook, o primeiro a viajar pelo Oceano Pacífico.

Durante sua rota de 116.9 metros em 14 de Novembro de 2010, o odômetro da Opportunity passou pela marca dos 25 quilômetros (http://cienctec.com.br/wordpress/?p=6234). Isso é mais de 40 vezes a distância que foi programada originalmente para ser cumprida pela sonda Opportunity que deveria cumprir uma jornada de três meses quando pousou no planeta vermelho em 2004.

O gerente do Mars Exploration Project, John Callas do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA  em Pasadena na Califórnia, disse: “O mais importante não é o quanto as sondas andaram em Marte, mas sim quanta exploração e quanta ciência elas fizeram  para o conhecimento de toda a humanidade”.

No começo da missão Opportunity, ela pousou dentro da Cratera Eagle que tem o mesmo tamanho da Cratera Intrepid. O nome escolhido para o local de pouso da sonda Opportunity foi um tributo ao módulo da Apollo 11, a primeira nave humana a pousar na Lua. A Opportunity gastou dois meses dentro da Cratera Eagle onde ela encontrou múltiplas linhas de evidência de um ambiente molhado num passado distante da área.

Fonte:

http://www.jpl.nasa.gov/news/news.cfm?release=2010-388&cid=release_2010-388&msource=2010388&tr=y&auid=7388265#5

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo