Onde Está o Brilho da Terra Que Normalmente Se Vê Numa Lua Crescente Fina?

Normalmente podemos observar a Lua crescente bem fina próxima d horizonte. Principalmente nas noites mais frias de outono e inverno com o céu bem limpo essa Lua bem fina se faz presente. A foto acima mostra a Lua crescente bem fina brilhando sobre os céus de Estocolmo. O que intriga nessa imagem e ontem mesmo, 5 d e Junho de 2011, o que me intrigou é que não existe nenhum brilho da Terra, que normalmente é visível na  parte não iluminada pelo Sol (figuras abaixo), nem mesmo realçando o contraste dessa imagem foi possível identificar o brilho da Terra. Algumas imagens mostradas abaixo foram feitas um dia depois da foto acima e nessas imagens já é possível ver o tradicional brilho da Terra, mesmo em ocasiões em que a foto foi feita em um local coberto por nuvens. Muitos de nós acreditamos que a explicação para o brilho da Terra observado na Lua crescente fina é algo direto e simples, mas aparentemente outros fatores estariam envolvidos além da posição relativa entre o Sol, a Terra e a Lua, seriam camadas de nuvens refletivas? Fica aqui o questionamento.

Fonte:

https://lpod.wikispaces.com/June+6%2C+2011

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.