O Véu de Cygnus – Surfando Na Borda Da Onda de Choque De Uma Supernova

Essa imagem tomou as manchetes ultimamente, muitos pensando que era um desenho, uma pintura, mas não, embora pareça como um delicado véu de luz cruzando o céu, essa imagem feita pelo Telescópio Espacial Hubble, da NASA e ESA mostra na verdade uma pequena seção da onda de choque da supernova Cygnus, localizada a 2400 anos-luz de distância da Terra. O nome da supernova lembra a sua posição no céu, na constelação de Cygnus, onde ela cobre uma área 26 vezes maior que a Lua Cheia.

A explosão original da supernova arrebentou uma estrela que era cerca de 20 vezes mais massiva que o Sol entre 10 e 20 mil anos atrás. Desde então, a parte remanescente da supernova tem se expandido cerca de 60 anos-luz do seu centro. A onda de choque marca a borda externa da remanescente de supernova e continua a se expandir a uma velocidade aproximada de 350 km/s. A interação do material ejetado com o material de baixa densidade do meio interestelar varrido pela onda de choque forma a estrutura parecida com um véu que é vista na imagem.

Crédito:

ESA/Hubble & NASA, W. Blair

Acknowledgement: Leo Shatz

Fonte:

[https://spacetelescope.org/images/potw2034a/]

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.