fbpx

O Satélite P4 de Plutão

Nix e Hydra foram primeiro introduzidos para os olhos humanos em imagens feitas pelo Telescópio Espacial Hubble em Maio de 2005, como o segundo e o terceiro satélites de Plutão. Agora, imagens do Hubble também revelaram um quarto satélite para o congelado planeta anão. Provisoriamente designado como P4, ele completa uma órbita ao redor de Plutão a cada 31 dias. Atualmente a menor e mais apagada lua de Plutão, P4 tem um diâmetro estimado de 13 a 34 quilômetros. O satélite mais novo descoberto, foi identificado primeiro por observações feitas pelo Hubble em 28 de Junho de 2011 e posteriormente confirmado em observações feitas em 3 e 18 de Julho de 2011. Esses dois painéis acima são composições tanto de exposições curtas e longas que incluem o planeta Plutão mais brilhante, juntamente com o maior satélite de Plutão, Caronte. Ruídos da câmera e artefatos do processamento de imagem também aparecem nos segmentos de longas exposições. As observações do Hubble foram feitas enquanto se pesquisava por anéis apagados ao redor de mundos distantes em apoio à missão New Horizons da NASA, programada para atingir Plutão em 2015.

Fonte:

http://apod.nasa.gov/apod/ap110722.html

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .