fbpx

O Que Diferentes Iluminações Revelam Numa Mesma Região da Lua

Normalmente as imagens que temos dos polos da Lua, usam imagens obtidas com iluminação elevada, nos fornecendo assim uma melhor visão das crateras com o mínimo de sombra. A imagem da direita, mostrada acima, no entanto, foi gerada a partir de uma compilação de 45 imagens com condições de iluminação consideravelmente baixa e mostra de forma especial a Cratera Baily. Antes de julgarmos qual a melhor ou a pior imagem das duas apresentadas acima, o melhor a fazer é pensar que essas imagens na verdade são complementares. As sombras na imagem da direita enfatizam que a parte inferior direita do anel é bem reta, embora não seja claro que qualquer bacia maior tem influencíado essa região. Detritos da Bacia Orientale são visíveis na parte mais amesquinha do assoalho, e a imagem da direita mostra estrias menores derivadas da Orientale continuando numa parte mais suave do assoalho da Baily. O mosaico da direita revela uma cadeia curva na esquerda, que Chuck Wood e Bill Hartmann em 1971 propuseram como sendo um segmento de um anel mais interno, fazendo assimda Baily uma cratera de duplo anel, o lado oposto do anel é mais montanhoso e também pode ser observado. Um pouco além desse anel na parte superior direita do assoalho da Baily existe um fino canal, ou uma pequena fratura que é completamente invisível na outra imagem. O Sol está brilhando perpendicular ao canal, gerando uma sombra reveladora, na imagem de baixa ilumnação, e a iluminação está ao longo da tendência do canal na outra imagem de modo que o canal existe ali. Finalmente na imagem como Sol alto pode-se ver um grande deslizamento de terra, na Baily B, a maior cratera localizada dentro da Baily muito provavelmente gerado pelo impacto no anel da Baily A.

Fonte:

http://lpod.wikispaces.com/October+15,+2012

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .