fbpx

O Que a Próxima Missão a Marte da Sonda Curiosity Irá Procurar?

A imagem acima aponta as argilas e os sulfatos localizados na porção inferior do Mount Sharp localizado dentro da Cratera Gale, em Marte. A nova sonda da NASA, Curiosity que faz parte do Mars Science Laboratory (MSL) está sendo programada para pousar na Cratera Gale no dia 6 de Agosto de 2012, por volta das 2:00 da manhã, hora de Brasília. Depois de pousar e se estabelecer no planeta a Curiosity começará a examinar o terreno ao redor, com uma ênfase especial aos minerais argilosos e aos sulfatos, pois esses minerais provavelmente se formaram durante um período em que o planeta Marte era mais hospitaleiro para a vida do que como o conhecemos atualmente.

Nós sabemos disso, ou pelo menos desconfiamos disso, pois as argilas e os sulfatos são minerais formados na presença de água. Estudos orbitais da Cratera Gale têm indicado que a água que uma vez preencheu a cratera era menos ácida do que aquela já estudada anteriormente em Marte. A água é mais hospitaleira para a vida quando é menos ácida, de modo que os cientistas esperam examinar as argilas e os sulfatos formados nessa água e assim poder dizer se Marte, foi ou ainda é um ambiente propício para o desenvolvimento da vida.

Muitas pessoas pensam que a Curiosity e o MSL estão sendo enviados a Marte para encontrar vida, mas esse não é o caso. Essa moderna sonda da NASA está sendo enviada ao Planeta Vermelho para determinar se as condições em Marte, foram ou ainda são favoráveis para a vida. Isso não significa que a MSL não poderá encontrar vida, isso apenas significa que ela não está especificamente procurando por vida.

Então, qual o objetivo da missão do Mars Science Laboratory? Se nós descobrirmos que Marte foi ou ainda é um ambiente que pode sustentar a vida, nossas esperanças aumentarão sobre a hipótese de que Marte, em algum momento de sua história teve vida. A missão examinará as camadas do Mount Sharp nos dando um entendimento melhor sobre o tempo em que a água esteve presente em Marte e depois desapareceu. Se nós soubermos quando a água desapareceu em Marte nós podemos determinar por que e talvez aprender como prever uma catástrofe semelhante no nosso planeta, a Terra.

Quando nós determinamos por quanto tempo a água foi abundante em Marte, nós podemos começar a estreitar a busca por vida, examinando assim somente os sedimentos e outros materiais formados durante o período de tempo em que a água esteve presente, já que ela é considerada necessária para o desenvolvimento da vida como a conhecemos. Desse modo, a missão da sonda Curiosity e do Mars Science Laboratory é fundamental para entendermos mais sobre o passado do planeta Marte e do Sistema Solar como um todo.

Fonte:

http://www.marstravel.org/2012/07/what-is-MSL-looking-for.html

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .