fbpx

O Parélio do Deserto

A foto acima mostra dois parélios igualmente vívidos que foram observados um pouco antes do pôr-do-Sol de um local perto de Marble Canyon no norte do Arizona. Pode-se notar que um arco tangente superior também pode ser visto embora esteja apagado. Parélios e halos são fenômenos ópticos que resultam da interação da luz do Sol, ou da luz da Lua com os cristais de gelo suspensos na atmosfera, predominantemente presentes nas nuvens do tipo cirros. Os parélios se formam quando a luz refrata através de cristais de gelo hexagonais, na forma de um disco e orientados. Arcos tangentes superiores resultam da refração da luz através cristais de gelo colunares. Quando você consegue observar um parélio é porque a luz do Sol entrou através de um dos lados do cristal e sai através da face diametralmente oposta, que tem um ângulo de 60 graus com relação à face de entrada. A foto acima foi feita no dia 14 de Outubro de 2011.

Fonte:

http://epod.usra.edu/blog/2012/06/desert-dogs.html

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .