O Par de Galáxias Arp 94

arp94


observatory_150105Essa imagem telescópica registra um momento cósmico na turbulenta vida da grande galáxia espiral NGC 3227 e a galáxia elíptica menor NGC 3226. Registrando-as no meio de uma dança gravitacional, a sensível imagem também segue apagadas correntes de marés repletas de estrelas saindo das galáxias graças aos seus repetidos encontros. Localizado a mais de 50 milhões de anos-luz de distância na direção da constelação de Leão, a aparência do par ganhou a designação de Arp 94 no clássico catálogo de galáxias peculiares. Mas essas colisões galácticas e fusões são agora pensadas como sendo o curso normal na evolução das galáxias, incluindo a nossa própria Via Láctea. Se espalhando por cerca de 90000 anos-luz, e similar em tamanho à Via Láctea, a NGC 3227 é reconhecida como sendo uma galáxia Seyfert com um buraco negro supermassivo central.

Fonte:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=577211412314324&set=a.574099075958891.1073741837.147511511950985&type=1&relevant_count=1


alma_modificado_rodape105

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo