O MAPA GEOLÓGICO MAIS DETALHADO DA LUA | SPACE TODAY TV EP2202

VISITE A LOJA DO SPACETODAY:

https://www.spacetodaystore.com

——————————————————————–

SEJA MEMBRO DO SPACE TODAY E AJUDE COM A CRIAÇÃO DE CONTEÚDO SÉRIA NA ÁREA DE ASTRONOMIA:

https://www.patreon.com/spacetoday

https://apoia.se/spacetoday

https://www.youtube.com/channel/UC_Fk7hHbl7vv_7K8tYqJd5A/join

——————————————————————–

A ideia da NASA é que nós voltaremos para a Lua em 2024 e a colonizaremos a partir de 2028.

Pelo menos é isso que diz o Programa Artemis e é onde a agência espacial está depositando uma grande parte de seus esforços.

Mas para colonizar um determinado lugar, principalmente se esse lugar é fora da Terra, como é o caso da Lua, é interessante termos um conhecimento muito bom desse lugar.

E nada melhor para conhecer um lugar do que um mapa geológico detalhado desse objeto.

Com um mapa geológico bem feito é possível saber onde estão localizados os diferentes tipos de rocha, saber a composição química dessas rochas.

E se vamos colonizar a Lua isso é fundamental.

Saber onde está o gelo de água, onde estão elementos que podem ser usados como energia, como combustível, é fundamental para nos estabelecermos no nosso satélite.

E pensando nisso o serviço geológico dos EUA, o USGS, lançou o mapa geológico lunar unificado.

O mais detalhado mapa da geologia lunar que poderá ser usado pelas futuras missões para o nosso satélite.

Foram décadas de trabalho para chegar nesse resultado.

O mapa usou informações de seis mapas regionais feitos na era da missão Apollo, além de mapas mais atualizados.

Foram utilizadas informações das missões, LRO, LOLA e SELENE.

Além disso mapas históricos foram redesenhados preservando as interpretações e observações.

Nesse novo mapa, o USGS resolveu unificar as nomenclaturas das camadas de rocha e da estratigrafia da Lua, isso resolveu um ponto bem importante que nos outros mapas não tinha.

Os dados das missões SELENE e do instrumento LOLA, foram usados para se ter os dados de altimetria e assim criar visualizações 3D importantes para entender determinados pontos do nosso satélite.

Com um mapa desses em mãos é muito fácil definir o local de pouso na Lua, seja de astronautas, seja de missões não tripulados.

É possível determinar exatamente o que se deve explorar.

E com os astronautas na Lua esse mapa poderá ser atualizado com as informações diretamente no nosso satélite.

Atualizar um mapa geológico é um serviço que nunca para.

Para quem é geólogo ou é dessa área, esse mapa é uma das coisas mais sensacionais de se observar.

O mapa foi disponibilizado em JPG, PDF e em GIS esse último para abrir é preciso ter um software específico.

E assim vamos conhecendo cada vez mais e melhor o nosso satélite em um nível de detalhe sem precedentes!!!

Fontes:

https://astrogeology.usgs.gov/search/map/Moon/Geology/Unified_Geologic_Map_of_the_Moon_GIS?utm_source=twitter&utm_medium=social&utm_term=a0782f18-dace-4067-ba02-d2e232c35e2a&utm_content=&utm_campaign=usgs

https://www.hou.usra.edu/meetings/lpsc2020/pdf/2760.pdf

#MOON #GEOLOGICALMAP #SPACETODAY

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.