O Maior Vulcão do Satélite Io de Júpiter Está Prestes A Entrar Em Erupção

O maior e mais poderoso vulcão do satélite Io de Júpiter entra em erupção com uma regularidade que segue quase como um relógio, e de acordo com os cálculos ele deve estar prestes a entrar em erupção novamente. Outra coisa que os pesquisadores já notaram, é que o intervalo entre as erupções está ficando menor, mas os pesquisadores não sabem o por que disso.

Normalmente é bem difícil prever quando um vulcão irá entrar em erupção pois existem diferentes forças geológicas envolvidas nesse processo, forças essas que são difíceis de se prever. Mas esse vulcão em Io, chamado de Loki em homenagem ao deus nórdico, brilha e apaga de forma periódica, e esses períodos em que brilha significa que está entrando em erupção.

“Algumas vezes por algumas centenas de dias, ele fica muito apagado, indicando que quase nada está acontecendo com ele. E então por outras centenas de dias, ele fica de 15 a 20 vezes mais brilhante, indicando que está ativo”, disse Julie Rathbun, no Planetary Science Institute no Arizona. Ela apresentou suas últimas observações durante o European Planetary Science Congress, um congresso que aconteceu em conjunto com a Division for Planetary Sciences, em Genebra, na Suíça.

Usando dados do Infrared Telescope Facility da NASA, no Havaí, Rathbun rastreou o brilho do Loki a cada semana. Ela então previu de forma correta a última erupção que aconteceu em Maio de 2018 e disse que o Loki deve entrar em erupção novamente a qualquer momento.

As observações prévias da Rathbun mostrou que o vulcão entrava em erupção uma vez a cada 540 dias lá na década de 1990. Mas o intervalo tem diminuído, agora essa erupção acontece a cada 475 dias, aproximadamente. Ela que não sabe porque isso está acontecendo com o período de erupção do vulcão.

“Normalmente não é possível dizer realmente quando um vulcão entra em erupção, pois muitas forças trabalham ali, para que isso aconteça. Mas o meu pensamento é que o Loki é tão grande que qualquer perturbação pequena do ponto de vista geológico, uma fratura aqui, outra ali, acaba por não complicar tanto”, disse ela.

O Loki é enorme. E quando ele está ativo, ele é responsável por cerca de 15% do fluxo total de calor de Io, mesmo que o satélite seja coberto por cerca de 400 vulcões. “Não existe nada comparável na Terra. Ele teria o tamanho de todo o sul da Califórnia se fosse colocado aqui na Terra”, disse Rathbun.

Fonte:

https://www.newscientist.com/article/2216783-the-most-powerful-volcano-on-jupiters-moon-io-is-about-to-explode/

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo