fbpx

O Hubble Observa Um Prólogo Celeste: Uma Nebulosa Pré-Planetária

As duas estruturas laterais nessa imagem da IRAS 13208-6020 feita pelo Telescópio Espacial Hubble das agências espaciais NASA/ESA são formadas por material que está sendo irradiado por uma estrela central. Esse é um fenômeno que possui uma vida relativamente curta, mas que fornece aos astrônomos uma oportunidade de observar os estágios iniciais da formação de uma nebulosa planetária, que recebe o nome de nebulosa protoplanetária ou nebulosa pré-planetária. Nebulosas planetárias, lembrando, nada tem a ver com planetas e o nome surgiu devido a sua semelhança visual entre algumas nebulosas planetárias e os pequenos discos que eram observados nos planetas do Sistema Solar externo, quando observados através dos primeiros telescópios.

Esse objeto tem claramente uma forma bipolar, com dois fluxos similares de material em direções opostas e um anel de poeira ao redor da estrela.

Nebulosas protoplanetárias não brilham, mas são iluminadas pela luz de uma estrela central que é refletida de volta. Mas como a estrela continua a se desenvolver, ela torna-se quente o bastante para emitir forte radiação ultravioleta, que pode ionizar o gás ao redor fazendo com que ele brilhe como uma espetacular nebulosa planetária. Mas antes da nebulosa começar a brilhar, ventos fortes de material ejetado da estrela continuarão a dar formas intrigantes ao gás ao redor que somente podem ser verdadeiramente apreciados uma vez que a nebulosa comece a brilhar.

Essa imagem foi criada a partir de imagens feitas através do High Resolution Channel da Adavenced Camera for Surveys do Telescópio Espacial Hubble. As imagens feitas através do filtro laranja (F606W, foram coloridas em azul), e do filtro do infravermelho próximo (F814W, foram coloridas em vermelho), foram combinadas para gerar essa imagem. Os tempos de exposição foram de 1130s e 150s para cada filtro respectivamente e o campo de visão é de apenas 22 x 17 arcos de segundo.

Fonte:

http://www.spacetelescope.org/images/potw1123a/

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .