O Furacão Earl na Visão de Um Astronauta

A visão relativamente plácida da Estação Espacial Internacional esconde a força imensa que trabalha no Furacão Earl à medida que flutuava na região nordeste de Porto Rico no dia 30 de Agosto de 2010. Com ventos máximos de 215 km/h, a tempestade foi classificada como sendo de Categoria 4 na escala de classificação de furacões Saffir-Simpson à medida que passava pelas Ilhas Virgens.

Nessa fotografia registrada com uma câmera SLR digital pelo astronauta Douglas Wheelock, o Earl apresenta um olho distinto que se espalha por 28 quilômetros. Grande parte da tempestade apresenta um topo uniforme, embora a parte inferior da imagem mostre ondulações provavelmente formadas sobre o oceano. Os painéis solares da ISS nos lembram que o Sol ainda está brilhando no mínimo para a tripulação da Expedição 24 da ISS.

“O Furacão Earl está ganhando uma força incrível”, escreveu Wheelock desde a ISS. “É incrível como um dia faz diferença quando se lida com essa força da natureza. Por favor vamos manter nossa atenção nesse furacão…não tenho certeza se ele se acalmará durante a noite como aconteceu com o Danielle”.

Fonte:

http://www.nasa.gov/multimedia/imagegallery/image_feature_1922.html

 

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo