O Efeito de Lente Gravitacional Conhecido Como Cruz de Einstein

A maior parte das galáxias possuem um único núcleo, por que essa aí tem 4? A estranha resposta leva os astrônomos a concluírem que o núcleo o núcleo da galáxia na verdade não está sendo visto na imagem. O trevo central visto na imagem é na verdade proveniente da luz emitida por um quasar mais distante. O campo gravitacional da galáxia em primeiro plano quebra a luz do quasar em 4 imagens distintas. O quasar precisa estar propriamente alinhado atrás do centro da galáxia massiva para que uma miragem como essa se torne evidente. O efeito geral é conhecido como lente gravitacional, e esse caso específico é conhecido como Cruz de Einstein. Ainda mais estranho, as imagens da Cruz de Einstein variam em brilho relativo, aumentando ocasionalmente pelo efeito adicional de uma microlente gravitacional de estrelas específicas da galáxia de primeiro plano.

Fonte:

https://apod.nasa.gov/apod/ap171217.html

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.