O Dia Que A Missão da Sonda Rosetta Acabou – 30 de Setembro de 2016

O dia 30 de Setembro de 2016, foi um daqueles dias que entraram para a história da exploração espacial, pode marcar aí na sua agenda. Nesse dia, a sonda Rosetta terminava a sua missão de explorar um cometa. Depois de ficar 2 anos orbitando o cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko, ela se colidiu com o objeto de forma proposital dando fim a uma das mais espetaculares missões que já exploraram algum objeto no nosso Sistema Solar.

A imagem nesse post, foi capturada pela câmera grande angular da sonda, chamada de OSIRIS, durante a última hora da missão a uma altura de cerca de 400 metros da superfície do cometa. O local onde a sonda caiu não fica muito longe da parte superior central da imagem.

A Rosetta, chegou no cometa no dia 6 de Agosto de 2014, depois de uma jornada de 10 anos pelo Sistema Solar, e no dia 12 de Novembro de 2014 ela lançou o módulo Philae de encontro ao cometa. A Rosetta continuou a estudar o objeto congelado e empoeirado durante a sua jornada, acompanhando o cometa no seu periélio que aconteceu em Agosto de 2015 e depois seguindo ele à medida que se afastava do Sol.

Realizando experimentos científicos até o último segundo, a descida em direção ao cometa, deu à Rosetta, a oportunidade única de coletar dados sobre o gás, a poeira e o ambiente de plasma que envolve o cometa, bem como fazer imagens de alta resolução da superfície do cometa e medir com precisão a sua temperatura e outras propriedades.

Embora as operações da missão tenham sido concluídas lá em 30 de Setembro de 2016, a ciência continua. Além disso, um grande esforço tem sido realizado para preservar todo o acervo de imagens de alta resolução que a sonda fez do cometa e tudo está hoje no Planetary Science Archive da ESA.

Na semana passada, aconteceu outro fato marcante para a missão, o último encontro da equipe científica. Esse foi o encontro de número 52, sendo que o primeiro aconteceu lá no final da década de 1990. O encontro fechou os aspectos formais da missão, das atividade de arquivamento dos dados e permitiu que a equipe pudesse pensar no que fazer nas próximas décadas. Além disso, alguns dias foram dedicados para se debater as últimas atividades científicas. Como resultado uma edição especial do periódico Astronomy & Astrophysics foi publicado com os últimos achados científicos da missão.

Essa edição especial você encontra aqui:

https://www.aanda.org/component/toc/?task=topic&id=977

Para você lembrar acompanhe como foi a nossa cobertura ao vivo do final da missão da sonda Rosetta. Vou deixar dois vídeos aqui para vocês, um de 2016 mesmo, a live que fiz acompanhando o final da missão e um de 2017, no mesmo 30 de Setembro com as últimas imagens da missão:

Fonte:

https://www.esa.int/spaceinimages/Images/2019/09/Landing_site_in_sight

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo