fbpx

O Coração da Via Láctea Pulsa Sobre Um Telescópio Auxiliar do VLT do ESO

Esta bela imagem mostra o denso coração da Via Láctea que se estende acima de um dos Telescópios Auxiliares do Very Large Telescope (VLT) do ESO. Este céu tão escuro e repleto de estrelas é típico do local onde se encontra instalado o VLT, o deserto chileno do Atacama, que oferece vistas espetaculares como esta noite após noite para todos os astrônomos, visitantes e funcionários do local.

O VLT é composto por quatro grandes Telescópios Principais e quatro Telescópios Auxiliares menores e móveis (um dos quais é mostrado aqui). Estes oito telescópios observam o cosmos tanto individualmente como em equipe, a partir de várias posições e orientações, permitindo aos astrônomos estudar todos os tipos de objetos e fenômenos cósmicos com mais detalhe do que o que era possível anteriormente.

Este conjunto de telescópios deu origem a uma nova era de descobertas, com várias descobertas científicas pioneiras notáveis — incluindo a primeira imagem de um planeta em órbita de outra estrela (um planeta extrassolar ou exoplaneta) e o rastreamento de estrelas individuais movendo-se ao redor do buraco negro supermassivo no centro de Via Láctea (um objeto chamado Sagittarius A*).

Crédito:
Y. Beletsky/ESO

Fonte:

https://www.eso.org/public/brazil/images/potw2010a/

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .