fbpx

O Berçário Estelar NGC 3324

A imagem acima mostra o berçário estelar conhecido como NGC 3324. A intensa radiação ultravioleta de algumas das jovens e quentes estrelas do NGC 3324 fazem com que a nuvem de gás brilhe com cores ricas além de gerar uma cavidade no gás e na poeira ao redor.

O NGC 3324 está localizado na constelação de Carina, a Quilha do barco de Jasão, a aproximadamente 7500 anos-luz de distância da Terra. Ele se localiza na periferia norte do caótico ambiente da Nebulosa da Carina, que tem sido esculpida por muitas outras regiões de formação de estrelas. Um rico depósito de gás e poeira localizado no NGC 3324 abasteceu uma verdadeira explosão de formação de estrelas a alguns milhões de anos atrás e levou a criação de algumas estrelas saudáveis e bem quentes que se mostram de forma proeminente nessa imagem.

Da mesma forma que acontece com as nuvens na Terra, os observadores de nebulosas podem encontrar semelhanças dentro dessas nuvens cósmicas. Um apelido para a região do NGC 3324 é de a Nebulosa de Gabriela Mistral, dado em homenagem ao vencedor do prêmio Nobel, o poeta chileno de mesmo nome. A borda da parede de gás e poeira na parte direita é bem semelhante a uma face humana vista de perfil com uma proeminência no centro correspondendo ao nariz.

Ventos estelares e a intensa radiação dessas jovens estrelas tem varrido e aberto uma cavidade no gás e na poeira ao redor. Isso é mais evidente na parede de material visto na parte central direita da imagem. A radiação ultravioleta das estrelas jovens e quentes colidem elétrons de átomos de hidrogênio, que são então recapturados, gerando assim o característico brilho avermelhado que é intensificado à medida que os elétrons pulam de níveis de energia, mostrando assim a extensão completa do gás difuso na região. Outras cores provêm de outros elementos, com, por exemplo, o brilho característico do oxigênio ionizado duplo, amarelo esverdeado na parte central.

A imagem acima foi feita pelo Wide Field Imager montado no telescópio de 2.2 metros MPG/ESO no Observatório de La Silla no Chile.

Fonte:

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .