fbpx

O Belo Desenho da Nebulosa do Anel (M57)

Uma nebulosa planetária com uma simetria simples, familiar aos observadores do céu noturno com telescópio, a Nebulosa do Anel (M57), localizada a 2000 anos-luz de distância na constelação musical da Lyra é observada na imagem acima. Essa imagem na verdade é um desenho detalhado da nebulosa que consegue reproduzir as mudanças de cores e os detalhes sutis desse anel cósmico. O desenho foi feito com base numa observação realizada através de um telescópio refletor de 40 polegadas e com uma ocular que proporcionou um aumento de 800x num céu com excelentes condições de observação. Lápis coloridos e um papel banco foram usados para criar o desenho original, mostrado aqui está o escaneamento digital com uma paleta de cores invertida que foi aplicada a ele. Com aproximadamente 8 anos-luz de diâmetro, a nebulosa é composta pelas camadas externas expelidas de uma estrela que está morrendo, mas que já foi parecida com o Sol. A intensa radiação ultravioleta proveniente da estrela quente central ioniza os átomos no gás e energiza o brilho da nebulosa. O hidrogênio ionizado adiciona uma coloração avermelhada para a nebulosa. Já o oxigênio ionizado produz a característica coloração verde azulada. Difícil de ser observada sob as condições médias de observação com pequenos telescópios, a estrela central da Nebulosa do Anel foi visível durante todo o tempo do estudo artístico que produziu o resultado acima.

Fonte:

http://apod.nasa.gov/apod/ap120915.html

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .