fbpx
29 de novembro de 2021

O Asteroide do “Fim do Mundo” De Abril de 2020 Vai Passar Bem Longe – Aprenda Nesse Post

Alguém aí lembra de um asteroide que iria se chocar com a Terra no dia 29 de abril de 2020, então o seu nome é na verdade 1998 OR2, e fiquem calmos, ele não vai bater na Terra, na verdade vai passar a aproximadamente 6.3 milhões de km de distância da Terra.

Mas 10 dias antes da sua passagem mais próxima pelo nosso planeta, o Observatório de Arecibo em Porto Rico conseguiu registrar imagens do asteroide.

Só para deixar claro para todos, a distância da Terra até a Lua é de cerca de 385 mil km em média, ou seja, o asteroide 1998 OR2 vai passar muito longe e não é para se preocupar, a distância do asteroide será equivalente a 16 vezes a distância entre a Terra e a Lua.

A equipe do Observatório de Arecibo conseguiu fazer imagens de radar do asteroide. Na verdade, os astrônomos em Arecibo estão estudando o asteroide desde o dia 8 de abril de 2020, enquanto o 1998 OR2 viaja pelo espaço a uma velocidade de 31320 km/h. A imagem de radar de alta resolução feita em Arecibo é uma das primieras imagens feitas desse grande asteroide. São essas imagens que fornecem aos cientistas pistas sobre a forma e o tamanho do asteroide.

A maior aproximaçõ do asteroide com a Terra irá acontecer no dia 29 de abril de 2020, às 6:56, hora de Brasília. Observatórios profissionais apontarão seus instrumentos para o asteroide e até mesmo amadores com pequenos telescópios poderão observar o asteroide como uma estrela se movendo rapidamente.

Se você não tem acesso a telescópio não fique triste, o Virtual Telescope Project irá fazer uma transmissão da passagem do asteroide pela Terra no dia 28 de abril de 2020.

Os astrônomos estimam que o 1998 OR2 tenha entre 1.1 e 2.5 km de largura, o que é um tamanho grande o suficiente para ameaçar a civilização humana, se ele batesse na Terra. Mas repetindo, isso não irá acontecer.

Na verdade, nenhum dos 22 Potentially Hazardous Asteroids, listados estão em rota de colisão com a Terra. No caso do 1998 OR2 sua órbita é conhecida para no mínimo os próximos 200 anos, e a maior aproximação do objeto com a Terra nem será na passagem de 2020, mas sim em 2079, quando o objeto irá passar a 1.8 milhão de km de distância da Terra, um pouco mais que 4 vezes a distância da Terra até a Lua. Essa passagem de 2079 será realmente impressionante. O 1998 OR2 é o maior Gear-Earth Object conhecido que irá passar pelo menos 5 vezes a uma distância semelhante a distância da Lua nos próximos dois séculos.

Durante a passagem de abril de 2020, o asteroide não terá brilho suficiente para ser observado a olho nu. Estima-se que ele tenha uma magnitude em torno de 10 ou 11 no momento da aproximação, o que significa que observadores com telescópios de no mínimo 6  ou 8 polegadas, poderão ver o asteroide, como se fosse uma estrela se movendo na frente das outras.

Caso você tenha um telescópio use uma ocular aberta de 32mm ou 35 mm e aponte o telescópio para o campo estelar próximo de onde o asteroide irá passar. Depois que garantir que você está vendo o campo estelar certo, pode colocar uma ocular mais fechada de 25 mm para poder detectar o movimento do asteroide. Você poderá notar o campo de estrelas e irá ver o objeto se movendo ali por um período de 10 a 15 minutos, pronto esse aí é o asteroide 1998 OR2.

Fonte:

https://earthsky.org/astronomy-essentials/asteroid-52768-1998-or2-april-2020-how-to-see

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo