fbpx

O Aglomerado Estelar R136 Como Observado Pelo Hubble

No centro da região de formação de estrelas conhecida como 30 Doradus localiza-se um imenso aglomerado composto pelas maiores, mais quentes e mais massivas estrelas conhecidas. Essas estrelas, conhecidas coletivamente como o aglomerado estelar R136, aparecem na imagem acima, registradas através de uma luz invisível ao olho humano pela recém instalada Wide Field Camera do Telescópio Espacial Hubble. As nuvens de gás e poeira na 30 Doradus, também conhecida como Nebulosa da Tarântula, têm sido esculpidas em formas alongadas por poderosos ventos e pela radiação ultravioleta dessas estrelas quentes do aglomerado. A Nebulosa 30 Doradus localiza-se dentro da galáxia vizinha conhecida como Grande Nuvem de Magalhães e está localizada a somente 170000 anos-luz de distância da Terra.

Fonte:

http://apod.nasa.gov/apod/ap120729.html

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .