Nuvens Mesosféricas Polares Sobre Edimonton

Algumas vezes é noite no solo mas é dia no ar. Isso ocorre em um eclipse total do Sol, por exemplo. Outras vezes ainda pode-se ver o brilho do Sol, mesmo depois do Astro Rei já ter se escondido no horizonte. Principalmente se existirem determinados tipos de nuvens o brilho do Sol pode ser visto nessas nuvens. Sob essas circunstâncias um belo pôr-do-Sol pode ser acompanhado, porém em situações não tão comuns onde se conta com a presença de nuvens do tipo noctilucent, ou nuvens mesosféricas polares, muito altas,  o brilho do Sol pode ser visto mesmo depois de já se ter escurecido em um determinado local. Normalmente, essas nuvens são muito apagadas para serem visíveis, mas elas podem se tornar visíveis no pôr-do-Sol, durante o final do verão quando são iluminados pelo Sol por baixo. Nuvens mesosféricas polares são as nuvens mais altas que se tem conhecimento. A foto acima foi feita no começo do mês de Julho de 2011, e pode-se ver uma rede de nuvens mesosféricas polares gerando um brilho branco acima da cidade de Edmonton em Alberta no Canadá. Muito sobre as nuvens mesosféricas polares tem sido descoberto somente há alguns anos, assim sendo muitas características dessas nuvens e questões importantes como a sua formação e o seu desenvolvimento continuam sendo tópicos de pesquisa.

Fonte:

http://apod.nasa.gov/apod/ap110720.html

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.