fbpx

Neil Armstrong: 1930 – 2012

Neil Armstrong, o primeiro homem a andar na Lua durante a missão da Apollo 11 em 1969, morreu hoje, com 82 anos.

Sua família escreveu o seguinte texto:

“Nós estamos todos com o coração partido em compartilhar com todos vocês que Neil Armstrong morreu depois de complicações resultantes de procedimentos cardiovasculares.

Neil foi nosso amável esposo, pai, avô, irmão e amigo.

Neil Armstrong foi também um relutante herói americano que sempre acreditou que estava fazendo apenas seu trabalho. Ele serviu à nação orgulhosamente, como piloto de caças da marinha, como piloto de testes e como astronautas. Ele também teve sucesso quando voltou para o seu lar em Ohio, nos negócios e na academia, e tornou-se um líder comunitário em Cincinnati.

Ele sempre lutou a favor da aviação e da exploração através de toda a sua vida e nunca perdeu seu desejo de ir atrás de suas conquistas.

Do mesmo modo que Neil apreciava sua privacidade ele também estimava as expressões de boa vontade de pessoas de todo o mundo e de todas as esferas da vida.

Ao mesmo tempo que lamentamos muito a perda de um bom homem, nós também celebramos sua impressionante vida e esperamos que isso sirva como exemplo para as jovens pessoas ao redor do mundo para trabalharem duro para que possam fazer seus sonhos virarem realidade, para explorarem e chegarem ao limite, e para que possam servir a causas maiores que elas mesmas.

Para aqueles que possam perguntar o que eles podem fazer em honra a Neil, nós temos uma resposta simples. Honre seu exemplo de serviço, modéstia e realização, e na próxima vez que você sair de casa numa noite clara e ver a Lua sorrindo para você pense em Neil Armstrong e dê uma piscada para ele”.

O piloto do módulo de comando da Apollo 11 Michael Collins disse simplesmente: “Ele foi o melhor, e eu sentirei uma falta terrível dele”.

As palavras de Armstrong “Esse é um pequeno para um homem, mas um salto de gigante para a humanidade”, dita em 20 de Julho de 1969, enquanto se tornava o primeiro homem a pisar em outro corpo planetário, instantaneamente tornou-se parte da história.

Essas poucas palavras ditas do Mar da Tranquilidade foram o ponto alto dos esforços e esperanças de milhões de pessoas e do gasto de bilhões de dólares. Uma placa em uma das pernas do módulo de pouso concluía “Viemos em paz por toda a humanidade”, enfatizando que Armstrong e seu colega astronauta Edwin “Buzz” Aldrin estavam ali comom representantes de todos os humanos.

Mas a simples sentença de Armstrong, apesar de estar focada acima de qualquer nacionalismo ou divisões na Terra, significava a vitória incontestável dos EUA sobre a União Soviética na corrida espacial.

Neil A. Armstrong, nasceu no dia 5 de Agosto de 1930, em Wapakoneta em Ohion. Ele cursou engenharia aeronáutica na Universidade de Purdue e fez mestrado em engenharia aeroespacial na Universidade do Sul da Califórnia.

Ele foi aviador naval de 1949 até 1952. Durante a Guerra da Coreia ele voou em 78 missões de combate.

Em 1955 ele se juntou a National Advisory Committee for Aeronautics (NACA), a agência que existia antes da NASA, como piloto de pesquisa do Lewis Laboratory em Cleveland.

Mais tarde Armstrong Armstrong se transferiu para High Speed Flight Research Station da NACA na Base da Força Aérea de Edwards na Califórnia. Como piloto de projeto, ele esteve na frente no desenvolvimento de muitas naves de alta velocidade, incluindo o X-15, que voou a 4000 mph.

Ele voou mais de 200 modelos de aeronaves que incluíam jatos, foguetes helicópteros e gliders.

Armstrong foi selecionado como astronauta em 1962.

Seu primeiro voo no espaço foi a bordo do Gemini 8, como comandante. Ele foi o primeiro civil a voar uma nave especial norte-americana. Com seu colega astronauta David R. Scott, Armstrong realizou a primeira acoplagem no espaço com uma satélite alvo Agena.

Menos de uma hora depois sua nave começou a fazer um movimento não planejado. Depois de se desacoplar, ela entrou em rotação com uma revolução por segundo. Um dos 16 foguetes do Gemini permaneceu aberto devido a um curto circuito elétrico.

Armstrong usou os foguetes de reentrada para controlar a cápsula, e depois de 30 minutos ele conseguiu estabilizar a nave. Regras de voo foram necessárias para fazer com que a Gemini 8 retornasse a Terra depois dos foguetes de reentrada terem sido usados para controlar a rotação descontralada e o Gemini 8 caiu são e salvo numa área de contingência no Pacífioc Oeste.

O voo eventual de 16 de Março de 1966, foi feito em 10 horas e 41 minutos.

A Apollo 11, decolou no dia 16 de Julho de 1969, com Armstrong, Aldrin e Mike Collins a bordo. Collins permaneceu na órbita lunar no módulo de comando enquanto Armstrong e Aldrin desceram na superfície da Lua com o módulo lunar denominado de Eagle par ao histórico pouso.

“Houston, aqui é a Base Tranquilidade. A Águia pousou”, disse Armstrong, dizendo a todos na Terra que o homem acabava de chegar na superfície da Lua.

Ele e Aldrin gastaram aproximadamente 2 horas explorando e recolhendo mais de 50 pounds de rochas lunares e preparam três experimentos científicos. No dia seguinte, depois de 21 horas e 37 minutos na Lua eles ligaram o motor da Eagle e começaram a retornar para encontrar com Collins no módulo de comando.

A tripulação retornou para a Terra, pousou perto do USS Hornet no Pacífico de pois de uma missão de apenas oito dias. O Presidente Richard M. Nixon estava no deck de aviões do navio para dar boas vindas aos astronautas.

“Essa é a maior semana na história do mundo desde a sua criação”, disse Nixon.

Após 16 dias de quarentena para proteger a Terra de qualquer germe lunar, a tripulação partiu para uma turnê americana e mundial. Milhões de pessoas saldaram eles como heróis.

Armstrong depois serviu como vice administrador associado para a aeronáutica no Escritório de Pesquisa Avançada e Tecnologia na sede da NASA. Ele deixou a agência espacial em 1971. Como professor na Universidade de Cincinnati de 1971 a 1979, ele se envolveu tanto com pesquisa como ensino.

Mais tarde ele entrou para o mundo dos negócios. Entre outras posições ele serviu por 10 anos como chairman do Computing Technologies for Aviation Inc. De Charlottesville, Va. e depois como chairman do AIL Systems Inc., uma companhia de sistemas eletrônicos baseada em Deer Park, N.Y.

Armstrong fez parte da Society of Experimental Test Pilots e da Royal Aeronautical Society, além de ser membro honorário do American Isntitue of Aeronautics and Astronautics e da International Astronautical Federation.

Ele foi membro da National Academy of Engineering. Ele serviu como membro da National Commission on Space em 1985 e 1986 e em 1985 foi vice chariman da Presidential Commission on the Space Shuttle Challenger Accident. Ele também foi chairman da Presidential Advisory Committee for the Peace Corps de 1971 até 1973.

Fonte:

http://www.nasa.gov/topics/people/features/armstrong_obit.html

 

 

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .