Nebulosa da Cabeça do Cavalo

A Nebulosa da Cabeça do Cavalo é uma nebulosa negra localizada na constelação de Orion. A nebulosa se localiza logo abaixo da estrela Alnitak, a estrela mais distante do cinturão de Orion e faz parte do Complexo de Nuvens Moleculares de Orion. Usando o cinturão de Orion é fácil localizar Sirius a estrela mais brilhante do céu.

A Nebulosa da Cabeça do Cavalo está a aproximadamente 1500 anos-luz de distância da Terra. Com certeza essa é uma das nebulosas mais fáceis de ser identificada pois a sua forma formada de gases e poeira negra é realmente similar a cabeça de um cavalo quando observada da Terra. Essa forma foi notada pela primeira vez em 188 por Williamina Fleming na chapa fotográfica número B2312 feita através do Observatório do Harvard College.

O brilho vermelho se origina do gás hidrogênio predominantemente atrás da nebulosa, e ionizado pelo brilho da estrela Sigma Orionis. A escuridão da Nebulosa da Cabeça do Cavalo é causada pela espessa camada de poeira, embora a parte inferior do pescoço do cavalo gera uma sombra para a parte esquerda. Feixes de gás deixando a nebulosa são direcionados por um forte campo magnético. Pontos brilhantes na base da nebulosa representam estrelas jovens que estão nos estágios iniciais de formação.

Fonte:

http://spacefellowship.com/news/art21278/picture-of-the-day-the-horsehead-nebula.html

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.