Missão WISE da NASA Registra Asteroide Passando Pela Nebulosa de Orion

pia17255


observatory_150105Essa imagem mostra objeto próximo da Terra e potencialmente perigoso 1998 KN3 enquanto ele passava pela densa nuvem de gás e poeira perto da Nebulosa de Orion. A missão NEOWISE, a porção caçadora de asteroides da missão WISE da NASA, registrou imagens infravermelhas do asteroide, visto acima como um ponto amarelo esverdeado na parte superior esquerda. Pelo fato dos asteroides serem aquecidos pelo Sol a uma temperatura semelhante à de uma sala, ele brilham intensamente nos comprimentos de onda infravermelhos registrados pelo WISE.

Os astrônomos usam a luz infravermelha dos asteroides para medir seus tamanhos, e quando eles combinam com observações feitas na luz visível, eles podem também medir a refletividade de suas superfícies. Os dados infravermelhos do WISE revelam que esse asteroide tem aproximadamente 1.1 quilômetros de diâmetro e reflete somente cerca de 7 por cento da luz visível que atinge a sua superfície, o que significa que ele é relativamente escuro.

Nessa imagem, a cor azul denota os comprimentos infravermelhos mais curtos, e a cor vermelha os mais longos. Objetos mais quentes emitem luz com comprimentos de ondas mais curtos e por isso eles aparecem em azul. As estrelas azuis, por exemplo, têm temperaturas superficiais de milhares de graus. O gás mais frio e a poeira aparecem em vermelho. O asteroide aparecem amarelo na imagem pois a sua temperatura é digamos mundana, ou seja, ele é mais frio do que as estrelas distantes e mais quente que a poeira.

O JPL gerencia o Wide-field Infrared Survey Explorer, ou WISE, para o Science Mission Directorate da NASA em Washington. O principal pesquisador da missão, Edward Wright, está na UCLA. A missão foi competitivamente selecionada sob o Explorers Program da NASA gerenciado pelo Goddard Space Flight Center em Greenbelt, Md. O instrumento de ciência, foi construído pelo Space Dynamics Laboratory em Logan, Utah, e a nave foi construída pela Ball Aerospace & Technologies Corp., em Boulder no Colorado. As operações científicas e o processamento dos dados acontecem no Infrared Processing and Analysis Center no Instituto de Tecnologia da Califórnia em Pasadena. O Caltech gerencia o JPL para a NASA.

Fonte:

http://www.nasa.gov/content/asteroid-zips-by-orion-nebula/#.UhjfhZKkrxg


alma_modificado_rodape105

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.