fbpx
27 de fevereiro de 2024

Messier 99 – Um Cata-Vento Incandescente

Na linda imagem nesse post vemos os braços bem definidos da galáxia espiral NGC 4254, também conhecida Messier 99. É chamada uma galáxia espiral de grand design, ou de design grandioso,  devido à sua forma bem distinta de cata-vento, com braços proeminentes. Desde que foi observada pela primeira vez por Charles Messier no século XVIII, a tecnologia moderna nos permitiu observar galáxias como essa com muito mais detalhes.

Esta imagem é uma composição de dados obtidos com o Very Large Telescope (VLT) do ESO e o Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA), do qual o ESO é parceiro. Os dados do VLT, em tons de azul e violeta, foram capturados com o instrumento MUSE (Multi-Unit Spectroscopic Explorer) e mapeiam a distribuição das estrelas. Os dados do ALMA — as regiões vermelhas e laranjas — mostram a emissão de nuvens de gás frio que eventualmente colapsarão em estrelas. Ao comparar os dois conjuntos de dados poderemos compreender melhor o processo da formação estelar.

Esta imagem foi obtida como parte da pesquisa PHANGS (Physics at High Angular resolution in Nearby GalaxieS), que obtém imagens de alta resolução de galáxias próximas em todos os comprimentos de onda da luz, ajudando assim os astrônomos a saber mais sobre a variedade de ambientes galácticos encontrados no Universo.

Crédito:

ESO/PHANGS

Fonte:

https://www.eso.org/public/brazil/images/potw2243a/

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo